The Piauí Herald The Piauí Herald

Por Roberto Kaz e Afonso Cappellaro (sob a supervisão do jornalista Olegário Ribamar)

Após retorno do MDB, DEM voltará a se chamar Arena

18ago2017_16h35

MUSEU DA DITADURA – Seguindo as diretrizes delineadas no programa partidário Ponte Para o Passado, o PMDB anunciou que passará a se chamar MDB a partir de 27 de setembro, data da conferência nacional da sigla. Horas depois depois do anúncio, o DEM comunicou que, “para não correr o risco de ficar acorrentado ao presente”, adotará o nome Arena, em honra a um dos pilares formadores do partido.

Para o senador José Agripino Maia, atual presidente nacional do DEM, “não podemos ter a cabeça dura de achar que caminhamos inevitavelmente para o futuro. O presidente Temer está aí provando que é possível regredir 40 anos em 2. Com o novo nome, queremos deixar claro o nosso compromisso com o passado.”

As mudanças dos partidos brasileiros provocaram um efeito dominó. Na manhã de hoje, o Tribunal Superior Eleitoral recebeu uma série de ofícios com solicitações de alteração de nome. O PEN, novo partido de Jair Bolsonaro, mudará para PIB (Partido Integralista do Brasil); o PT, por sua vez, assumirá o título de Partidão. O PSol, o PCdoB e o PCO decidiram entrar para a clandestinidade, recusando-se a informar seus novas alcunhas.

A onda passadista não se restringiu aos partidos. Há algumas horas o MST anunciou que, após 70 dias seguidos de uma plenária de rebranding, recuperará a memórias das Ligas Camponesas, deixando de lado a sigla internacionalmente conhecida. Já o MBL, atiçado pelos eventos de Charlottesville, assumirá o nome CCC.

Arquivo
  • 2021
  • 2020
  • 2019
  • 2018
  • 2017
  • 2016
  • 2015
  • 2014
  • 2013
  • 2012
  • 2011
  • 2010
  • 2009
O The piauí Herald não é uma seção noticiosa, mas exclusivamente de humor, com sátiras da realidade política do Brasil.