Eurico Miranda se candidata em chapa só com vice

06ago2018_16h40
Todas as negociações da vice-candidatura de Eurico serão finalizadas pelo artilheiro Romário
Todas as negociações da vice-candidatura de Eurico serão finalizadas pelo artilheiro Romário Eurico

SÃO JANUÁRIO – Após uma semana de conchavos, conluios e acordos, o cenário eleitoral brasileiro se viu diante de mais uma notícia inusitada: em uma jogada sem precedentes, o ex-presidente do Vasco, Eurico Miranda, anunciou que pretende concorrer à vice-presidência da República, numa chapa sem candidato à presidência. “Quem manda nesse país é o vice, isso a gente já viu com o Temer, o Itamar e o Sarney”, declarou. “E de vice o Vasco entende. Então chega de blábláblá, o melhor para o trabalho sou eu e ponto.”

Eurico falou que a eleição direta de um vice-presidente pode resultar em importante corte de gastos. “Impeachment leva tempo e custa caro. Mas agora o vice já assume de uma vez, implementa tudo o que o Centrão e o MDB querem, e ninguém entra nesse mimimi de que foi golpe.” Seu plano de governo vai consistir em fazer o Vasco great again. “E também vou trocar a Força Nacional pela Força Jovem. É bom que assim a polícia ganha salvo conduto pra prender bandido com camisa do Flamengo.”

A notícia pegou de surpresa o candidato Jair Bolsonaro, que vinha se esforçando, nos últimos dias, para compor a lista mais surreal- com um astronauta, um príncipe, um general e uma cantora de heavy metal disputando o posto de vice na sua candidatura. Surpresa igual foi sentida no comitê do PT, que cogitava nomear Eurico como suplente de Manuela D’Ávila (que é suplente de Haddad, que é suplente de Lula, que morava no sítio de J.Pinto Fernandes, que não havia entrado na história porque era defendido pelo Kakay).