Gilmar Mendes contrata Odebrecht para reformar teto do Judiciário

08ago2018_18h02
A Odebrecht está usando a Capela Sistina, a Grand Central Station e o ego de Neymar como referências para o novo teto do Judiciário
A Odebrecht está usando a Capela Sistina, a Grand Central Station e o ego de Neymar como referências para o novo teto do Judiciário

CANTEIRO DE OBRAS – “Era uma classe muito engraçada, não tinha teto, e tinha casa (paga pelo contribuinte)”, cantava um animado Gilmar Mendes para uma plateia de desembargadores, juízes e promotores, que acompanhavam atentamente a canção sentados no chão do gabinete do ministro. A cantoria fez parte de um encontro de Mendes com entidades de classe que pressionam o STF a mudar a lei, fazendo com que o teto do salário do Superior Tribunal Federal não limite o teto salarial dos profissionais do Judiciário.

Após horas de atividades que incluíam rodas de ciranda financeira e jogos de credibilidade queimada, ficou definido que a construtora Odebrecht ficaria responsável por uma avaliação minuciosa da reforma necessária. “Era uma opção óbvia. Isso é um assunto técnico e a empresa tem um expertise de muitos anos em reformas desse tipo. Já construiu muito caixa dois, já ampliou muita casa de político, reformou sítio, fez linha de metrô. Agora era hora de trabalhar no teto da categoria”, afirmou Mendes.

Fontes indicam que a Odebrecht estabeleceu a obra como prioridade e já definiu que deve sim haver uma elevação do pé-direito, pé-esquerdo e, principalmente pé-centrão salarial.

Leia também

Últimas Mais Lidas

A nossa hora mais escura

O legado de trinta anos de democracia está em jogo nesta eleição

Bolsonaro e Haddad vão ao JN, bombam no Twitter e crescem

Jornal Nacional foi evento mais tuitado das campanhas dos candidatos do PSL e do PT; apresentadores viraram o assunto após as entrevistas

Por que mulheres trocaram Marina por Haddad, Ciro e Bolsonaro

De líder no voto feminino, candidata despencou para o quarto lugar; seu discurso é “sincero”, mas falta clareza, dizem ex-eleitoras

Bolsonaro não queria sair da Santa Casa

A história de como a família do presidenciável dispensou o Sírio-Libanês, contrariou a vontade do candidato de ficar em Juiz de Fora e aceitou a proposta do tesoureiro do PSL de levá-lo para o Einstein

Aluguel do PSL custa R$ 1,8 milhão à campanha de Bolsonaro

Ex-presidente do partido, Luciano Bivar recebeu sozinho, até agora, 28% dos gastos da cúpula nacional da sigla que cedeu ao ex-capitão

Antipetismo e democracia

O candidato do PT e o candidato do PSL não são dois lados da mesma moeda

Robôs tiram sono de 90% dos jovens no Brasil

Pesquisa da Pew Research mostra que, entre os brasileiros, os mais preocupados com a automação do seu trabalho têm de 18 a 29 anos

Ciro queima pontes com o Exército

Cúpula militar reage à declaração do candidato de que general Villas Bôas “pegaria uma cana” por falar de política; de “bom quadro”, pedetista vira “insensato”

Grupo pró-Bolsonaro ganha relevância no Twitter após facada

Levantamento da DAPP-FGV mostra que apoiadores do candidato do PSL saíram fortalecidos do atentado; antibolsonaristas, porém, ainda dominam discussões

Restam três para uma

Haddad, Ciro, Alckmin e a vaga contra Bolsonaro

1

SUS salva Bolsonaro por R$ 367,06

Pago pelo sistema público brasileiro, cirurgião de veias e artérias de Juiz de Fora é tirado de almoço de família para achar e conter hemorragia no candidato

2

Bolsonaro não queria sair da Santa Casa

A história de como a família do presidenciável dispensou o Sírio-Libanês, contrariou a vontade do candidato de ficar em Juiz de Fora e aceitou a proposta do tesoureiro do PSL de levá-lo para o Einstein

3

Ciro queima pontes com o Exército

Cúpula militar reage à declaração do candidato de que general Villas Bôas “pegaria uma cana” por falar de política; de “bom quadro”, pedetista vira “insensato”

4

Aluguel do PSL custa R$ 1,8 milhão à campanha de Bolsonaro

Ex-presidente do partido, Luciano Bivar recebeu sozinho, até agora, 28% dos gastos da cúpula nacional da sigla que cedeu ao ex-capitão

5

Antipetismo e democracia

O candidato do PT e o candidato do PSL não são dois lados da mesma moeda

6

Restam três para uma

Haddad, Ciro, Alckmin e a vaga contra Bolsonaro

8

O mínimo e o justo

Menos Estado gera mais justiça social?

9

Paulo Guedes contra o liberalismo

A história mostra que uma onda de ódio só chega ao poder quando normalizada

10

O fiador

A trajetória e as polêmicas do economista Paulo Guedes, o ultraliberal que se casou por conveniência com Jair Bolsonaro