Em reação à carta da ONU para Lula, Bolsonaro apela à OTAN

17ago2018_18h49
A carta de Bolsonaro foi devolvida pelos Correios por conter o endereço de “Chalé do Noel, Lapônia”
A carta de Bolsonaro foi devolvida pelos Correios por conter o endereço de “Chalé do Noel, Lapônia”

VERBA VOLANT, SCRIPTA MANENT – A coordenação da campanha do presidenciável Jair Bolsonaro entrou hoje com um pedido para que a Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN), aliança militar internacional, o apoie. O movimento de Bolsonaro veio após a equipe de Lula apresentar uma carta em que a Organização das Nações Unidas (ONU) deu seu aval à participação do ex-presidente nas eleições deste ano.

“A carta é minha, o papel é meu, a impressora é minha, e eu escrevo pra quem bem entender, ok?”, respondeu o ex-capitão quando questionado sobre a correspondência. O documento foi liberado para a imprensa, e nele se lê: “Dona Otan, por favor, me envie uma cartinha dizendo que eu posso matar vagabundo. Também gostaria de usar o verbo ‘estuprar’ e o termo ‘mimimi’ sem que nenhum vagabundo faça mimimi nem mereça ser estuprado pela minha pessoa.”

Outros candidatos seguiram o mesmo caminho e apelaram a órgãos internacionais. O MDB afirma que até o começo da semana vai receber a resposta da Organização Mundial do Comércio (OMC) em relação à candidatura de Henrique Meirelles. O presidente Michel Temer aproveitou a movimentação para enviar correspondência à Transilvânia. O governo da Romênia, país onde se situa a famosa região, foi rápido ao frisar que não conhece Temer e não deseja ter sua imagem associada ao político. Já o candidato Cabo Daciolo declarou: “Mandei um telegrama para estabelecer contato com a única entidade capaz de deter o avanço das forças escusas que se apoderam da nossa nação: o governo de Nárnia. Venceremos!”.

Leia também

Últimas Mais Lidas

Foro de Teresina #39: A fritura de Bebianno, a matança no Rio e os inimigos na Amazônia

Podcast de política da piauí discute os principais fatos da semana

Guerra Fria – tragédia da paixão impossível

Indicado ao Oscar, filme polonês se distingue ao narrar história simples de modo inovador

Quatro tons de amarelo

Coletes-amarelos franceses racham entre ultradireita, defensores de “democracia direta”, candidatos a deputados e um novo partido de oposição

Arqueólogos redescobrem relíquias do Museu Nacional

Quantidade e qualidade das peças resgatadas surpreendem pesquisadores; a piauí foi o primeiro veículo brasileiro a entrar no palácio após o incêndio

Maria vai com as outras #2: Peso

Duas professoras falam sobre como perder ou ganhar muitos quilos afetou suas vidas dentro e fora do trabalho

Abaixo da ilha das Cobras, um tesouro biológico

Cientistas descobrem no litoral paulista o recife de corais mais ao sul do oceano Atlântico

Um engenheiro, um policial e duas tragédias

Delegado que investigou Mariana reencontra em Brumadinho gerente de minas envolvido nos dois desastres

Helio Bolsonaro e os novatos da Câmara

Deputados de primeiro mandato são apresentados ao “vota no meu, que eu voto no seu”

Foro de Teresina #38: Os novos donos do Congresso, as leis de Moro e os escândalos do governo

Podcast da piauí discute os fatos da semana na política nacional

Fevereiros – vislumbre de felicidade

Documentário sobre Maria Bethânia é testemunho do sincretismo religioso afro-brasileiro que está na origem de sua expressão musical

1

Arqueólogos redescobrem relíquias do Museu Nacional

Quantidade e qualidade das peças resgatadas surpreendem pesquisadores; a piauí foi o primeiro veículo brasileiro a entrar no palácio após o incêndio

3

Abaixo da ilha das Cobras, um tesouro biológico

Cientistas descobrem no litoral paulista o recife de corais mais ao sul do oceano Atlântico

4

A guerra do PCC

Facção se internacionaliza com tráfico de cocaína, e pela primeira vez Marcola vê seu poder ameaçado

5

Quatro tons de amarelo

Coletes-amarelos franceses racham entre ultradireita, defensores de “democracia direta”, candidatos a deputados e um novo partido de oposição

6

Um engenheiro, um policial e duas tragédias

Delegado que investigou Mariana reencontra em Brumadinho gerente de minas envolvido nos dois desastres

7

Onze bilhões de reais e um barril de lágrimas

Luis Stuhlberger, o zero à esquerda que achava que nunca seria alguém, construiu o maior fundo multimercado fora dos Estados Unidos e, no meio da crise, deu mais uma tacada

8

Em nome do nada

O suicídio de jovens no Brasil

10

Foro de Teresina #39: A fritura de Bebianno, a matança no Rio e os inimigos na Amazônia

Podcast de política da piauí discute os principais fatos da semana