Bolsonaro propõe anistia ampla e irrestrita ao que foi dito nos debates

23ago2018_17h58
Bolsonaro também estuda baixar um ato institucional permitindo que Paulo Guedes o represente nos próximos debates
Bolsonaro também estuda baixar um ato institucional permitindo que Paulo Guedes o represente nos próximos debates

COMISSÃO DA MEIA VERDADE – “É um projeto em que todo mundo sai ganhando”, disse o presidenciável Jair Bolsonaro, em coletiva de imprensa realizada num posto Ipiranga construído sobre o terreno do antigo DOI-CODI. “Ninguém vai falar mais da falta de elegância do Ciro, da falta de carisma do Alckmin e da falta de educação da Marina, que deu um pito num candidato homem que nem lembro mais quem era.”

Bolsonaro se referia ao projeto que acaba de apresentar, de promover uma anistia ampla e irrestrita com relação a tudo que foi dito por ele e pelos demais candidatos nos dois debates já realizados. “Assim o povo se esquece do que foi dito ali e volta a se pautar só pelo que eu posto na internet, xará. É o que eu sempre digo: debates humanos pra humanos que debatem no Zap.” A proposta vem na esteira de sua relutância em participar dos próximos debates na televisão. “O Romário fazia gol sem ir pro treino. Pra que que um candidato precisa ir pra debate então?”

Caso a proposta não vingue, o deputado já tem, na manga, uma série de compromissos agendados que impediriam sua participação nos encontros televisivos: “Eu tenho que ir na apresentação de karatê do Eduardo, na peça da escolinha sem partido do Flávio e na prova de natação do Carlos”. Quando questionado sobre um possível remanejamento desses compromissos, Bolsonaro afirmou ter também consultas médicas, aulas de zumba, batizados de sobrinhos e um casamento heterossexual nos dias citados.

Leia também

Últimas Mais Lidas

Zero Três vira o Zero Um entre Bolsonaros 

Eduardo é nome preferido do pai para embaixada em Washington, no lugar de diplomata mais ligado ao grupo de Flavio e a olavistas

Boatos sobre políticas públicas serão o foco da nova edição do projeto Comprova

Iniciativa, no ar a partir de hoje, conta com a participação da piauí e de mais 23 veículos de todo o país

Falta de verbas e governo Bolsonaro ameaçam legado do SUS

Cientistas projetam piora de indicadores de saúde pública caso haja estagnação dos recursos para a área

Foro de Teresina #59: A popularidade de Bolsonaro, o Congresso após a Previdência e o espólio de Moro

Podcast de política da piauí discute os principais fatos da semana

O carteiro de Lula

Desconhecido até prisão de ex-presidente, auxiliar assume tarefa de entregar quase tudo que petista vê e lê

Vozes do levante

As batalhas de poesia que têm transformado a vida de jovens das periferias chegam à Flip

Fiador da Previdência, Maia se lança, chora e aprova reforma

Presidente da Câmara faz discurso de candidato, omite Bolsonaro e diz que vitória é do Centrão

Divino Amor – um Brasil distópico

Futuro apresentado no filme de Mascaro tem flagrantes dos dias atuais

Maia cresce no Twitter, Moro dispara e Mourão some

Vazamentos da Lava Jato mantêm ministro da Justiça como personagem do bolsonarismo mais citado na rede

1

O carteiro de Lula

Desconhecido até prisão de ex-presidente, auxiliar assume tarefa de entregar quase tudo que petista vê e lê

2

O pranto dos livros

Texto de 17 de janeiro de 1997, extraído de um dos quase cem cadernos deixados pelo autor de Formação da Literatura Brasileira

3

A redenção dos cinco

Um filme sobre os rapazes presos por um estupro que não cometeram

4

O pit bull do papai

Os tormentos e as brigas de Carlos Bolsonaro, o filho mais próximo do presidente

6

Fiador da Previdência, Maia se lança, chora e aprova reforma

Presidente da Câmara faz discurso de candidato, omite Bolsonaro e diz que vitória é do Centrão

8

Juízes expulsos receberam R$ 137 milhões em aposentadorias

Valor pago a 58 magistrados punidos com aposentadoria compulsória desde 2009 pelo CNJ daria para sustentar 1.562 aposentados do INSS

9

Falta de verbas e governo Bolsonaro ameaçam legado do SUS

Cientistas projetam piora de indicadores de saúde pública caso haja estagnação dos recursos para a área

10

Foro de Teresina #59: A popularidade de Bolsonaro, o Congresso após a Previdência e o espólio de Moro

Podcast de política da piauí discute os principais fatos da semana