Novos fósseis do Museu Nacional serão das espécies Temeriarus, Pezanius e Crivellius

04set2018_18h37
As tábuas de fundação do MDB e a lista da Odebrecht ficarão em uma ala destinada à história do Caixa 2
As tábuas de fundação do MDB e a lista da Odebrecht ficarão em uma ala destinada à história do Caixa 2

TRISTES TRÓPICOS – “O problema do acervo já está resolvido”, anunciou o marqueteiro Elsinho Mouco, responsável pela propaganda e pela paleontologia ética do Planalto. “Num ato de extrema generosidade, o presidente Michel Temer resolveu doar seu esqueleto ao novo Museu Nacional. Será o primeiro fóssil completo de um Temerarius Rex, o dinossauro mais voraz que já passou pelo Porto de Santos.”

O anúncio foi feito durante a cerimônia que marcou a doação de novos fósseis ao acervo destruído do Museu Nacional. “O Crivella e o Rodrigo Maia falaram que esse acervo seria recuperado, e realmente será”, explicou o publicitário Moucossauro. “Que que são umas ossadas queimadas quando tem vários fósseis muito mais novos pra serem colocadas no lugar? O que representava a velocidade de um Velociraptor diante da rapidez com que os dinossauros Pezanius e Crivellius conseguem destruir uma cidade?”

PteroMouco também aproveitou a ocasião para anunciar que o novo museu contará com um exemplar único do Tiranossauro Roussefex, o dinossauro desenvolvimentista, famoso por ter gerado uma crise política sem precedentes na Pangea (o fóssil ficará em uma área separada, destinada às espécies pré-históricas que não chegaram a desenvolver a capacidade de comunicação). Já a sessão arqueológica será refeita com pinturas rupestres que ilustram coligações de eras glaciais, quando o congelamento do orçamento fez grandes estragos na vida brasileira. A sessão de material geológico também contará com um importante reforço, que será exposto a lado do meteorito Bendegó. Trata-se do meteorito Cerveró, pedra originada em uma estrela distante, que causou grande dano com seu impacto na era Petezóica.

Leia também

Últimas Mais Lidas

A indústria que é brasileira na propaganda

Vídeo da Confederação Nacional da Indústria desenha um mundo em que o Brasil fabrica “possibilidades” em forma de drones, tablets e turbinas de avião

Tereza Cristina responde a cinco ações por dívidas

Além de disputa com JBS, ministra da Agricultura de Bolsonaro acumula calotes com Banco do Brasil e fundos de investimento

A operação foi um sucesso

Como foi a invasão noturna do Bope na Maré que deixou cinco mortos e foi considerada exitosa pelas autoridades

Foro de Teresina #27: Bolsonaro cai no mundo real, a oposição junta os cacos e Doria recruta no governo Temer

O podcast de política da piauí discute os fatos da semana na política nacional

A rebelião do WhatsApp contra o Major Olímpio

Soldados virtuais que ajudaram a eleger o capitão Bolsonaro condenam proximidade do senador com João Doria

Bolsonaro-dependência

Oposição ao novo presidente joga sem pressa e no erro adversário

Fazendo a egípcia

Bolsonaro estremece relações comerciais com o mundo árabe e abala, sem querer, o negócio de escovas progressivas brasileiro

O Muro – sinal de alerta, ouvidos moucos

Documentário de 2017 discute premonitoriamente a polarização de posições políticas

Stan Lee explica por que “criou problemas” para os super-heróis

Assista a trechos da entrevista concedida em 1988 pelo criador de personagens da Marvel, morto nesta segunda

A lição de Josefa

A grande artesã deixa um conselho para os políticos: “Não há riqueza maior do que o nosso nome”

1

O triunfo do bolsonarismo

Como os eleitores criaram o maior partido de extrema direita da história do país

2

A rebelião do WhatsApp contra o Major Olímpio

Soldados virtuais que ajudaram a eleger o capitão Bolsonaro condenam proximidade do senador com João Doria

3

A operação foi um sucesso

Como foi a invasão noturna do Bope na Maré que deixou cinco mortos e foi considerada exitosa pelas autoridades

4

Fazendo a egípcia

Bolsonaro estremece relações comerciais com o mundo árabe e abala, sem querer, o negócio de escovas progressivas brasileiro

5

Tereza Cristina responde a cinco ações por dívidas

Além de disputa com JBS, ministra da Agricultura de Bolsonaro acumula calotes com Banco do Brasil e fundos de investimento

6

Bolsonaro-dependência

Oposição ao novo presidente joga sem pressa e no erro adversário

7

Em águas turvas

A substituta de Sérgio Moro

8

Foro de Teresina #27: Bolsonaro cai no mundo real, a oposição junta os cacos e Doria recruta no governo Temer

O podcast de política da piauí discute os fatos da semana na política nacional

9

O fiador

A trajetória e as polêmicas do economista Paulo Guedes, o ultraliberal que se casou por conveniência com Jair Bolsonaro