Menina Maísa pede maturidade a Bolsonaro e FHC

05nov2018_16h26
O brasileiro tem alguma esperança de que uma nova bronca de Maísa evite a nomeação de Magno Malta
O brasileiro tem alguma esperança de que uma nova bronca de Maísa evite a nomeação de Magno Malta

SÉTIMA SÉRIE B – “Essa guerra já foi longe demais. Eu sugeriria que cada um fosse pro seu quarto e pensasse no que fez. Isso não é postura de chefe de Estado. #jádeu.” A frase foi postada hoje, em uma rede social, pela atriz Maísa Silva, a menina-prodígio do SBT, que começou carreira televisiva quando ainda tinha 4 anos. Maísa se referia à recente troca de farpas pela internet entre Jair Bolsonaro e Fernando Henrique Cardoso, que envolveu argumentos sobre a importância estratégica da China, ideologia e poses estranhas para leitura em poltronas.

“Eu quando tinha um problema no Jardim de Infância puxava o cabelo da coleguinha, mas não ficava mandando indireta de que ela era comunista só porque tinha levado um livrinho diferente”, escreveu Maísa, que logo em seguida também passou a ser perseguida pelos bots de Bolsonaro, sob o argumento de que SBT significa Sistema Bolchevique de Televisão.

Por meio de suas redes sociais, o presidente eleito respondeu: “Maduro nunca serei. Maduro é FHC que, além de comunista, já caiu do pé! #EleQueComeçou #Vixe #TurmaDoFundãoDePensão.” Fernando Henrique, por sua vez, se esquivou da polêmica, respondendo por meio de emojis de tucanos.