Novo comercial do Banco do Brasil só terá jovens armados e heterossexuais

03maio2019_19h00
Bolsonaro apresenta um dos jovens a estrelar na nova propaganda do Banco do Brasil. A direção artística será de Donata Meirelles
Bolsonaro apresenta um dos jovens a estrelar na nova propaganda do Banco do Brasil. A direção artística será de Donata Meirelles
CRÉDITO OU DÉBITO  – Uma semana após deixar de lado os problemas do país para ordenar a retirada do ar de um comercial moderninho do Banco do Brasil, o presidente e jurado do Programa Silvio Santos, Jair Bolsonaro, anunciou mudanças no marketing da instituição. “Não tem mais essa de anúncio com mulher, homem que parece mulher, ou gente que tem o cabelo ou a pele de uma cor diferente da minha”, explicou Bolsonaro, deixando claro que sua decisão não tinha nada de racismo. “É só uma questão estética. Essa garotada não fica bem na TV.”
Em contrapartida, Bolsonaro anunciou que os novos anúncios do banco serão todos com homens brancos heterossexuais, que vão empunhar uma arma em vez de mostrar o cartão de crédito. “Agora a instituição vai se chamar Banco do Brasileiro de Bem”, explicou. “Vai continuar tudo igual, mas com uma linha de crédito mais generosa pra quem quiser comprar arma pra atirar em invasor de terra ou celular pra filmar professor em sala de aula.” A linha, apelidada de Crédito Queiroz, será paga em 48 parcelas de 2 mil reais.
Arquivo
O The piauí Herald não é uma seção noticiosa, mas exclusivamente de humor, com sátiras da realidade política do Brasil.