Netflix: Moro vai protagonizar filme Advocacia em Vertigem

25jun2019_15h38
O filme também terá uma versão dublada pelo deputado Alexandre Frota, voltada para pets e pessoas com intolerância a frequências sonoras muito altas
O filme também terá uma versão dublada pelo deputado Alexandre Frota, voltada para pets e pessoas com intolerância a frequências sonoras muito altas

ESTÚDIOS DISNEY – O site de streaming Netflix anunciou, hoje, que o ministro e ex-juiz Sérgio Moro será o protagonista do documentário Advocacia em vertigem, que tem lançamento agendado para daqui a 3 mil anos. No filme, Moro deve misturar sua passagem pelo governo Bolsonaro com traumas que viveu na infância, quando vivia com seus pais, que eram donos de uma conhecida empreiteira de power points.

O filme, que será dirigido pela cineasta Cláusula Pétrea Costa, pretende retratar momentos dramáticos, sob a ótica do ex-juiz: “Ontem fui obrigado pelo presidente a colocar uma camisa do Flamengo sobre o terno, no meio do estádio”, relata Moro com voz fina e melancólica, em uma cena adiantada a este The piauí Herald. “Nunca imaginei que chegaria à vida adulta tendo que vestir um uniforme de time por imposição de um senhor que faz arminha com a mão. Acreditava que a esta altura do campeonato, depois de fazê-lo ser eleito, a Advocacia seria mais respeitada.”

Com roteiro co-assinado pelo hacker Hacker Aqui, “Advocacia em Vertigem” já tem pre-estreia garantida em Curitiba, e conta com lista de convidados VIPP (Very Intense People and Politicians) como Joice Hasselman, Kim Kataguiri, Susana Vieira e o presidente Jair Bolsonaro, que afirmou via Twitter: “Eu vou, mas nada de tapete vermelho, tá ok? Tem que ser tapete verde e amarelo kkkkk.”

Arquivo
O The piauí Herald não é uma seção noticiosa, mas exclusivamente de humor, com sátiras da realidade política do Brasil.