Bolsonaro atropela Barcelona e Real Madrid, e contrata Neymar para a PGR

15ago2019_17h57
Especialistas afirmam que Neymar já sofre pressão para emprestar seu helicóptero a familiares de Bolsonaro
Especialistas afirmam que Neymar já sofre pressão para emprestar seu helicóptero a familiares de Bolsonaro

JANELA DE TRANSFERÊNCIA PARTIDÁRIA – “Do PSG pra PGR é uma letra só de diferença, tá ok? Não preciso explicar mais nada.” Foi com essas palavras que o presidente Jair Bolsonaro, o JR17, justificou a nomeação do craque Neymar Junior para o cargo de procurador geral da República. “Eu falei que ia colocar alguém patriota nesse cargo, e no tocante a esse assunto aí, o Neymar usa camisa do Brasil até quando vai pro trabalho, tá ok? Além disso, a casa dele é cheia de parça, tipo o gabinete do Flavio”, disse Bolsonaro, enquanto entregava a medalha da Ordem do Rio Branco para Gil Cebola, que será chefe de gabinete de Neymar.

A transação afetou os ânimos dos times espanhóis, que prometeram retaliar em futuras relações comerciais com o Brasil. “Eu atropelo mesmo, mas só na faixa da esquerda, tá ok?”, disse o presidente quando perguntado sobre uma possível quebra de decoro nas negociações. Questionado sobre a possibilidade de um enfraquecimento nas relações exteriores, o ministro Ernesto Araújo respondeu: “Errare humanum est ad infinitum.”

Bolsonaro explicou que a nomeação é a mais segura já feita na PGR. “O bom é que se tiver escândalo de corrupção, eu nem preciso demitir ninguém, porque o Neymar já cai sozinho.” O presidente também anunciou que pretende indicar o jogador Felipe Melo para o Supremo. “Só fico um pouco preocupado se o moleque vai dar conta, porque o Toffoli e o Fux pegam pesado na canelada.”

Arquivo
O The piauí Herald não é uma seção noticiosa, mas exclusivamente de humor, com sátiras da realidade política do Brasil.