Após culpar ONGs por queimadas, Bolsonaro culpa Beethoven pela existência do Capital Inicial

21ago2019_19h23
“E, além disso, todo mundo sabe que essa banda aí é comunista, senão não ia ter o mesmo nome do livro daquele barbudo”, disse Bolsonaro, citando “O Capital”, de Karl Marx
“E, além disso, todo mundo sabe que essa banda aí é comunista, senão não ia ter o mesmo nome do livro daquele barbudo”, disse Bolsonaro, citando “O Capital”, de Karl Marx

NORVANA RECORDS – “Pode estar havendo, não estou afirmando, ação criminosa desse Beethoven aí, não o cachorro do filme, mas o tal do músico alemão, para exatamente chamar a atenção contra a música do Brasil. Essa é a guerra que nós enfrentamos.” A declaração foi dada hoje à tarde pelo presidente Jair Bolsonaro, logo após ele atribuir as queimadas na Amazônia ao trabalho das ONGs.

“Essa tática eu conheço, tá ok? Quantas vezes eu não vi o Queiroz dando um sustinho no pessoal de Rio das Pedras para depois oferecer a solução?”, explicou Bolsonaro. “É a mesma coisa no tocante a essa questão das queimadas e da música brasileira. Esse Beethoven aí vai lá, inventa o Capital Inicial e bota pra tocar na rádio até o povo implorar pra ouvir uma música clássica. E o cidadão fazia isso de caso pensado, até porque era surdo, então não tinha que ouvir o resultado.” Bolsonaro aproveitou a coletiva para fazer outras acusações na mesma lógica: “Todo mundo sabe que só existe doença para médico poder tirar bufunfa de cliente, e que o Zero Um só fez aqueles 48 depósitos de 2 mil reais para a população saber que existe o Coaf, tá ok?”

Não tardou para que o filho Zero Dois do presidente, Carlos Bolsonaro, repercutisse a fala do pai, postando em sua conta no Twitter: “Se um dia eu pudesse ver, meu passado inteiro! E fizesse parar de chover, nos primeiros erros!!! Ah!!!!!! Meu corpo viraria sol!!!!! Minha mente viraria sol!!!!!! Mas só chove!!!! Chove??? Chove?!?!? Chove!!! Brasil!!!”

Arquivo
  • 2019
  • 2018
  • 2017
  • 2016
  • 2015
  • 2014
  • 2013
  • 2012
  • 2011
  • 2010
  • 2009
O The piauí Herald não é uma seção noticiosa, mas exclusivamente de humor, com sátiras da realidade política do Brasil.