Bolsonaro coloca almofada de peido em cadeira de Moro

05set2019_16h37
Pela brincadeira, Bolsonaro ficará de castigo na sala da presidência por quatro anos
Pela brincadeira, Bolsonaro ficará de castigo na sala da presidência por quatro anos

SETEMBRO CHOVE – “Peço escusas por esse barulho, imagino que tenha sido causado por algum agente externo, pois não me lembro de ter feito nenhum movimento pélvico que o possa ter ocasionado.” As palavras foram ditas pelo ex-juiz e futuro ex-ministro Sergio Moro, ao sentar-se numa almofada que faz barulho de pum, colocada em sua cadeira pelo presidente Jair Bolsonaro, durante uma live. O fato foi visto por especialistas como mais um ataque de Bolsonaro ao prestígio de Moro, após tê-lo desmoralizado publicamente 793.503.836,7 vezes nas últimas 24 horas.

“Desculpa aí, Moro, tá ok?”, disse Bolsonaro, durante a live, antes de oferecer ao ministro da Justiça um chiclete que dá choque, uma bala sabor pimenta  e um copo d’água em que havia uma pedra de gelo falsa com uma mosca dentro. Bolsonaro também aproveitou a live para jogar uma aranha de borracha e um cocô de plástico sob a cadeira de Moro. “Tem medo de aranha, Serjão?”, perguntou. “E esse cocô, é seu ou de algum superintendente da PF? Não pode fazer cocô hoje, hein?”

Em resposta a críticas de internautas, o porta-voz da presidência, General Rêgo Barros, saiu em defesa do presidente: “Isso é coisa normal do presidente. Ele tem esse senso de humor que o conecta com o eleitor da faixa dos 13 anos que vai votar na próxima eleição. Eu mesmo não me chamo Rêgo Barros, foi um apelido que ganhei devido a um incidente e que ficou. Normal, coisa do jogo político.”

Arquivo
  • 2019
  • 2018
  • 2017
  • 2016
  • 2015
  • 2014
  • 2013
  • 2012
  • 2011
  • 2010
  • 2009
O The piauí Herald não é uma seção noticiosa, mas exclusivamente de humor, com sátiras da realidade política do Brasil.