Aliança pelo Brasil vai juntar 500 mil assinaturas só com assessores de Flavio Bolsonaro

22nov2019_18h04
O TSE abriu licitação para contratar um médium especializado em checar assinaturas psicografadas
O TSE abriu licitação para contratar um médium especializado em checar assinaturas psicografadas FOTO: MATEUS BONOMI/AGIF/FOLHAPRESS

GHOSTBUSTERS – “Tem mais de 500 mil assinaturas lá, cara. No gabinete do Flavio faz fila de assessor-fantasma. Só chegar lá e, pô, meu irmão, aí tu pede pra dar uma assinatura aí pra criar um partido. Partidozinho bom desse aí, cara, para a gente que é pai de família, vai cair como uma uva.” O áudio de WhatsApp, atribuído ao assessor Fabrício Queiroz, foi vazado ontem, expondo qual será a estratégia adotada pelo presidente Jair Bolsonaro para conseguir as 500 mil assinaturas necessárias à criação de um partido próprio.

De acordo com o último levantamento do site Milícia em Foco, o gabinete do senador Flavio Bolsonaro conta com 503.876 assessores-fantasmas, sendo 8.876 personal trainers, 36.098 vendedores de açaí e 76.543 especializados em “fazer rolo na compra e venda de carros”. O site também mapeou que 73% dos funcionários têm o sobrenome Queiroz. “Tem Queiroz nascido no Rio, Queiroz catarinense, Queiroz da polícia mineira. O Brasil todo tá ali, tá ok?”, manifestou-se Bolsonaro.

Na cerimônia de lançamento da nova legenda houve uma salva de balas no momento do anúncio da estratégia. Em outro momento uma celebração religiosa pediu aos fantasmas que não tivessem medo e apoiassem a nova legenda com suas firmas. “Até fantasma tem medo do fantasma do comunismo kkkkk”, disse o presidente em suas redes sociais.

Arquivo
  • 2019
  • 2018
  • 2017
  • 2016
  • 2015
  • 2014
  • 2013
  • 2012
  • 2011
  • 2010
  • 2009
O The piauí Herald não é uma seção noticiosa, mas exclusivamente de humor, com sátiras da realidade política do Brasil.