Caças Gripen do governo Bolsonaro vão disparar maletas de 39 quilos em vez de mísseis

28out2020_10h12
“A era do aviãozinho acabou, porra!”, esbravejou Bolsonaro
“A era do aviãozinho acabou, porra!”, esbravejou Bolsonaro

BRAÇO FORTE, MALA AMIGA – “É estratégia militar, tá ok?”, disse o presidente Jair Bolsonaro, quando perguntado por que os novos caças da Força Aérea Brasileira vão disparar maletas pesando 39 quilos em vez de mísseis balísticos. “Isso tá aí pra provar que a função dos militares é fazer paz, não guerra. E fim de papo.”

Bolsonaro explicou que a adaptação já vinha sendo estudada pelo governo desde o ano passado, quando um militar atravessou o Oceano Atlântico, dentro do avião presidencial, carregando uma mala com 39 quilos de cocaína. “Aquela história deu um probleminha aí com a alfândega da Espanha, então pra evitar isso a gente coloca as malas no caça, e lança direto no país de destino, tá ok? Tecnologia 100% patriótica.”

Bolsonaro avisou que a comunidade científico-miliciana-militar de Rio das Pedras começou um processo de cooperação tecnológica com o governo. O know-how adquirido em anos de atuação na área vai ajudar a desenvolver um upgrade na capacidade dos jatos. Um projeto secreto, obtido por este The piauí Herald, mostra a criatividade da tecnologia made in Zona Oeste. Acessórios como um fundo falso atrás dos bancos e uma adaptação de botijões de gás nas asas podem elevar a carga para até 300 quilos. Com a parceria, os monitores dos pilotos e copilotos passam também a receber sinal ilimitado de televisão por assinatura e internet, direto de um posto de comando em Rio das Pedras.

 

Arquivo
  • 2020
  • 2019
  • 2018
  • 2017
  • 2016
  • 2015
  • 2014
  • 2013
  • 2012
  • 2011
  • 2010
  • 2009
O The piauí Herald não é uma seção noticiosa, mas exclusivamente de humor, com sátiras da realidade política do Brasil.