Trump corta luz dos EUA para adiar resultado de eleição

12nov2020_12h49
“It’s gonna be a huge apagão”, declarou o americano
“It’s gonna be a huge apagão”, declarou o americano (Foto oficial da Casa Branca por Shealah Craighead)

PARTIDO REPUBLIQUETA – “STOP THE COUNT!”, tuitou novamente o caudilho americano Donald Trump, antes de cortar a luz de todos os Estados Unidos, em mais uma tentativa de reverter o resultado das eleições. A tática foi inspirada no exemplo de Macapá, a capital do Amapá, que precisou adiar o pleito para prefeito em função da escassez de luz que já leva uma semana, causada por uma falha em um gerador.

“Quando acaba a saliva, a gente vai pro apagão, tá ok?”, disse o presidente brasileiro Jair Maricas Bolsonaro, orgulhoso de ter exportado a tecnologia para o americano. “Só pedi pra pro Trump não tirar a luz lá da estátua da Liberdade, que aí ia dar uma briga danada com o Véio da Havan. O nome disso é diplomacia, tá ok?”

A embaixada brasileira em Washington já começou os preparativos para uma cerimônia íntima de golpe de Estado à luz de velas. “Será um petit comitê para celebrar o coup d’etat e a relação hétera entre os dois países. Não precisamos de luz elétrica pois temos a luz de nossos líderes”, afirmou o chanceler Ernesto Araújo.

Arquivo
  • 2020
  • 2019
  • 2018
  • 2017
  • 2016
  • 2015
  • 2014
  • 2013
  • 2012
  • 2011
  • 2010
  • 2009
O The piauí Herald não é uma seção noticiosa, mas exclusivamente de humor, com sátiras da realidade política do Brasil.