A PRIMEIRA AGÊNCIA DE FACT-CHECKING DO BRASIL

Usain Bolt sem medo de pegar zika no Rio: ‘Sou mais rápido do que o aedes aegypti’

Rio de Janeiro | lupa@lupa.news
02.jun.2016 | 09h00 |

No dia 18 de maio, em entrevista ao programa “Today”, da rede americana de televisão NBC, o atleta Usain Bolt falou sobre sua preparação para os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. Ao final da entrevista, gravada em seu país-natal, a Jamaica, o homem mais rápido do mundo fez uma brincadeira sobre o avanço do vírus zika em território brasileiro. Disse que não tem medo de ficar doente.

“Sou rápido. Eles (os mosquitos aedes aegypti) não conseguem me  pegar”

A jornalista Linda Qiu, do site de fact-checking americano Politifact.com, parceiro da Lupa, achou aquilo curioso e resolveu checar. Para ela, a frase de Bolt é:

VERDADEIRO, MAS

Bolt ostenta dois recordes mundiais. Corre 100 metros em 9,58 segundos e 200 metros em 19,19 segundos. Isso corresponde, segundo os cálculos de Linda, a 23,32 milhas/hora (37,3 km/h) e 23,21 milhas/hora (37,1km/h), respectivamente.

Ao consultar a performance de Bolt como um todo na International Association of Athletics Federation, a jornalista americana descobriu que o jamaicano corre, em média, 21,65 milhas/hora (34,6 km/h).

Mas, e quanto corre/voa o mosquito do aedes aegypti, transmissor do vírus zika?

Sabe-se que quem transmite zika são os mosquitos fêmeas e que elas voam com velocidade que varia entre 0,5 e 1,5 metro/segundo. Isso equivale, de acordo com Linda, a 1,12 e 3,35 milhas/hora (1,7 km/h e 5,3 km/h), respectivamente – bem abaixo da velocidade de Bolt.

O Politifact ressalta, no entanto, que Bolt corre distâncias pequenas e que os mosquitos são feitos para voar. Informa que pesquisadores já documentaram aedes aegypti fêmeas voando continuamente por um período de até nove horas, com uma média de voo de 2,2 horas. Bolt teria, portanto, que manter o ritmo por muito, muito mais tempo.

Veja aqui o texto completo da checagem americana e aqui a entrevista de Bolt ao “Today”. Ambos em inglês.

O conteúdo produzido pela Lupa é de inteira responsabilidade da agência e não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.

A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos

A Lupa está infringindo esse código? Clique aqui e fale com a IFCN

 

Esse conteúdo foi útil?

1 2 3 4 5

Você concorda com o resultado desta checagem?

Sim Não

Leia também

SIGNATORY- International Fact-Checking Network
Etiquetas
VERDADEIRO
A informação está comprovadamente correta
VERDADEIRO, MAS
A informação está correta, mas o leitor merece mais explicações
AINDA É CEDO PARA DIZER
A informação pode vir a ser verdadeira. Ainda não é
EXAGERADO
A informação está no caminho correto, mas houve exagero
CONTRADITÓRIO
A informação contradiz outra difundida antes pela mesma fonte
SUBESTIMADO
Os dados são mais graves do que a informação
INSUSTENTÁVEL
Não há dados públicos que comprovem a informação
FALSO
A informação está comprovadamente incorreta
DE OLHO
Etiqueta de monitoramento
Seções
Arquivo