A PRIMEIRA AGÊNCIA DE FACT-CHECKING DO BRASIL

Rio 2016: finais masculinas custam até 80% a mais do que femininas

| Rio de Janeiro | lupa@lupa.news
20.jul.2016 | 19h03 |

Quem tenta comprar ingresso para assistir às finais olímpicas de vôlei, futebol e basquete pode não ter percebido, mas o preço das entradas chega a variar em até 80%, dependendo do gênero de quem estiver em campo.

Levantamento feito pela Lupa no site da Rio 2016 a pouco mais de duas semanas da cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos revela que as entradas para a final de vôlei feminino (já esgotadas) custaram entre R$ 260 e R$ 900. Veja a imagem abaixo:

voleifeminino

Já a final da competição masculina (também esgotada) custou entre R$ R$ 350 e 1.200. Observe:

voleimasculino

Isso significa que os ingressos mais nobres da final masculina foram 33% mais caros do que para a final feminina e que a diferença entre as entradas mais econômicas oferecidas entre as duas competições foi de 34%.

As duas partidas, no entanto, serão disputadas no mesmo  local, no estádio do Maracanãzinho, com apenas algumas horas de diferença. A das mulheres está agendada para o dia 20, e a dos homens, para o dia 21 de agosto.

NO BASQUETE, O MESMO

No basquete, a situação é semelhante. Os ingressos para assistir à disputa pelo primeiro lugar do torneio masculino (já esgotado) custaram entre R$ R$ 350 e 1.200. Os ingressos para a disputa pelo ouro feminino (ainda disponíveis) variam entre R$ 260 e R$ 900. As diferenças de 33% entre as entradas mais nobres e de 34% entre as mais entradas baratas se repetem.

As duas partidas serão disputadas na Arena Carioca. A feminina, no dia 20, e a masculina, no dia 21 de agosto. Confira:

basquete

E O FUTEBOL?

No futebol, a diferença de valores é ainda mais chocante. Os ingressos mais caros para a final masculina (já esgotada) custaram entre R$ 380 e R$ 900. Para a final feminina (ainda à venda), entre R$ 210 e R$ 580. São 55% de alta entre as entradas mais caras e 80% entre os ingressos mais econômicos.

As duas partidas serão disputadas no estádio do Maracanã. A feminina, no dia 19, e a masculina, no dia 20.

futebol

Procurado, o Comitê Rio 2016  disse à Lupa que  “os valores dos esportes e sessões são definidos pela demanda de procura dos torcedores. Tradicionalmente,  algumas finais como a do basquete masculino e futebol masculino são mais procurados do que o feminino. Mas também tem o vôlei de praia que possui categorias de ingressos com os mesmos valores, por até R$ 1200”.

PARA LEMBRAR

No último domingo (17), a seleção masculina de vôlei do Brasil perdeu para a seleção da Sérvia e ficou em segundo lugar na Liga Mundial da categoria. Pela prata, a equipe levou um prêmio de US$ 500 mil. Um semana antes, no dia 10, depois de ter derrotado os Estados Unidos na final do Gran Prix, a seleção feminina de vôlei do Brasil recebeu um prêmio de apenas US$ 200 mil, 60% a menos do que os homens. A diferença de valores – estabelecidos pela Federação Internacional de Voleibol (FIVB) – gerou diversas críticas e fez com que o presidente da entidade, Ary Graça, prometesse publicamente rever “o absurdo”.

A diferença entre o prêmio dados às brasileiras e aos sérvios (vencedores da Liga) é ainda maior. Eles levaram US$ 1 milhão, cinco vezes a mais do que elas.

Nota: As comparações feita pela Lupa tomaram sempre as mesmas categorias de ingresso: as entradas mais caras e mais baratas disponíveis.

O conteúdo produzido pela Lupa é de inteira responsabilidade da agência e não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.

A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos

Esse conteúdo foi útil?

1 2 3 4 5

Você concorda com o resultado desta checagem?

Sim Não

Leia também

SIGNATORY- International Fact-Checking Network
Etiquetas
VERDADEIRO
A informação está comprovadamente correta
VERDADEIRO, MAS
A informação está correta, mas o leitor merece mais explicações
AINDA É CEDO PARA DIZER
A informação pode vir a ser verdadeira. Ainda não é
EXAGERADO
A informação está no caminho correto, mas houve exagero
CONTRADITÓRIO
A informação contradiz outra difundida antes pela mesma fonte
SUBESTIMADO
Os dados são mais graves do que a informação
INSUSTENTÁVEL
Não há dados públicos que comprovem a informação
FALSO
A informação está comprovadamente incorreta
DE OLHO
Etiqueta de monitoramento
Seções
Arquivo