Tem certeza que deseja sair da sua conta?
Foto: Annie Zanetti/CBN
Foto: Annie Zanetti/CBN

Contraditório: Henrique Áreas, do PCO, diz que não faz promessas, mas faz

Rio de Janeiro | lupa@lupa.news
30.ago.2016 | 12h46 |

Na manhã desta terça-feira, dia 30 de agosto, o candidato do PCO à Prefeitura de São Paulo, Henrique Áreas, foi sabatinado pela CBN SP. A equipe de jornalistas da Lupa acompanhou a entrevista, verificando o grau de veracidade das afirmações dele. Veja o resultado do trabalho – que também foi ao ar na CBN SP – logo abaixo:

Ao falar sobre seu programa de governo, o candidato afirmou que o PCO procura “ser um instrumento para que os trabalhadores possam, a partir de sua própria organização, atingir suas necessidades básicas”. Em seguida,  ressaltou:

“Por isso que a gente não faz promessas”

CONTRADITÓRIO

No site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o eleitor encontra as propostas de governo de Henrique Areas. No documento, há uma série de propostas bem objetivas que integram a seção “programa geral”. No ponto número 1, o candidato propõe “um salário mínimo vital (…) que não poderia ser de menos R$ 4.000”. No ponto número 2, está a proposta de “redução das horas trabalhadas (…) para um máximo de 35 horas semanais”. No ponto número 4, Areas sugere “isenção de pagamento de todos os serviços públicos para os desempregados”. No ponto 5, promete “o fim da repressão a perueiros, camelôs e ônibus alternativos”. No site do partido, o eleitor também encontra propostas objetivas.

Na entrevista à CBN, Areas negou que seu programa de governo trouxesse promessas. Para o candidato, são apenas propostas.


Ao falar sobre a divulgação de sua plataforma política, o candidato disse:

“O PCO tem um jornal já bem antigo, a gente divulga (nossos ideais), já tem há quase 40 anos” (…) O jornal é vendido. Não é distribuído gratuitamente

VERDADEIRO

O PCO tem um jornal semanal chamado “Causa Operária”. Em seu site, é descrito como “semanário nacional operário e socialista” e tem data de fundação em 1979. A última edição disponível, no site do partido, é a dos dias 20 a 26 de agosto deste ano. O preço de capa, sugerido pelo jornal, é de R$ 1,00 em São Paulo e de R$ 2,00 para outros estados.

(Com Marina Estarque)

O conteúdo produzido pela Lupa é de inteira responsabilidade da agência e não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.

A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos

A Lupa está infringindo esse código? Clique aqui e fale com a IFCN

 

Esse conteúdo foi útil?

1 2 3 4 5

Você concorda com o resultado desta checagem?

Sim Não

Leia também

SIGNATORY- International Fact-Checking Network
Etiquetas
VERDADEIRO
A informação está comprovadamente correta
VERDADEIRO, MAS
A informação está correta, mas o leitor merece mais explicações
AINDA É CEDO PARA DIZER
A informação pode vir a ser verdadeira. Ainda não é
EXAGERADO
A informação está no caminho correto, mas houve exagero
CONTRADITÓRIO
A informação contradiz outra difundida antes pela mesma fonte
SUBESTIMADO
Os dados são mais graves do que a informação
INSUSTENTÁVEL
Não há dados públicos que comprovem a informação
FALSO
A informação está comprovadamente incorreta
DE OLHO
Etiqueta de monitoramento
Seções
Arquivo