A PRIMEIRA AGÊNCIA DE FACT-CHECKING DO BRASIL

Programas de candidatos mostram promessas que já existem | Crédito: Júlio Boaro - Flickr: https://m.flickr.com/#/photos/julioboaro/8264606991/meta/
Programas de candidatos mostram promessas que já existem | Crédito: Júlio Boaro - Flickr: https://m.flickr.com/#/photos/julioboaro/8264606991/meta/

Programas em xeque: candidatos de SP e RJ derrapam nas propostas de governo

Rio de Janeiro | lupa@lupa.news
02.set.2016 | 09h30 |

Dados truncados. Promessas para implementar ações que, na verdade, já existem ou que excedem o poder municipal. Há diversos exemplos disso nas propostas de governo que os candidatos à Prefeitura do Rio de Janeiro e de São Paulo registraram no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) ou que expõem em seus sites de campanha. Nos últimos dias, a Lupa passou um pente-fino nesses documentos. Veja nos links abaixo o resultado desse trabalho, separado por cidade.

“Pente-fino em propostas dos candidatos de São Paulo revela dados truncados”. Leia aqui.

“Os deslizes dos candidatos do Rio em suas propostas de governo”. Leia aqui.

(Com Marina Estarque e Raul Galhardi)

*Nota: Parte das duas reportagens acima linkadas foi publicada na edição de 2 de setembro de 2016 do jornal Folha de S.Paulo.

coluna2folha

**Nota 2: A equipe de jornalistas da Lupa continua checando as propostas de governo dos candidatos das duas cidades. Essas reportagens poderão ser atualizadas a qualquer momento.

O conteúdo produzido pela Lupa é de inteira responsabilidade da agência e não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.

A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos

Esse conteúdo foi útil?

1 2 3 4 5

Você concorda com o resultado desta checagem?

Sim Não

Leia também

SIGNATORY- International Fact-Checking Network
Etiquetas
VERDADEIRO
A informação está comprovadamente correta
VERDADEIRO, MAS
A informação está correta, mas o leitor merece mais explicações
AINDA É CEDO PARA DIZER
A informação pode vir a ser verdadeira. Ainda não é
EXAGERADO
A informação está no caminho correto, mas houve exagero
CONTRADITÓRIO
A informação contradiz outra difundida antes pela mesma fonte
SUBESTIMADO
Os dados são mais graves do que a informação
INSUSTENTÁVEL
Não há dados públicos que comprovem a informação
FALSO
A informação está comprovadamente incorreta
DE OLHO
Etiqueta de monitoramento
Seções
Arquivo