A PRIMEIRA AGÊNCIA DE FACT-CHECKING DO BRASIL

Foto: Ricardo Porto / CBN
Foto: Ricardo Porto / CBN

Jandira Feghali nega que Dilma tenha feito cortes nos programas sociais. Será?

Rio de Janeiro | lupa@lupa.news
14.set.2016 | 13h27 |

Na manhã desta quarta-feira (14), a candidata do PCdoB à Prefeitura do Rio de Janeiro, Jandira Feghali, foi sabatinada pela CBN RJ. A equipe de jornalistas da Lupa acompanhou a entrevista, verificando o grau de veracidade das afirmações dela. Veja o resultado do trabalho – que também foi divulgado na CBN – logo abaixo.

Ao falar sobre os programas sociais do governo Dilma Rousseff, a candidata afirmou:

“Programa social nenhum teve corte orçamentário no governo Dilma”

FALSO

No dia 17 de dezembro do ano passado, o Congresso aprovou a Lei Orçamentária de 2016. O site do Senado fez um balanço da distribuição das verbas, da forma como ela havia sido aprovada. Comparando com o orçamento de 2016, houve, sim, uma diminuição nas verbas para programas sociais. Por exemplo: o orçamento do Minha Casa Minha Vida encolheu de 14 bilhões para R$ 4,3 bilhões entre 2015 e 2016. Nesse mesmo período, o orçamento do Pronatec foi de R$ 4 bilhões para R$ 1,6 bilhão.

Dilma Rousseff sancionou a Lei Orçamentária Anual deste ano no dia 14 de janeiro. Os dados sobre ela são públicos.

Ainda há na imprensa diversas reportagem que tratam dos cortes nos programas sociais. Releia matéria da Agência Brasil sobre o Pronatec e de O Globo sobre o mesmo programa e sobre o Ciência Sem Fronteiras.

Vale ressaltar, que na sabatina, Jandira disse que tinha números para mostrar que não tinha havido cortes nos programas sociais. A equipe da Lupa se prontifica a publicá-los aqui.


Jandira Feghali falou também sobre o período em que foi secretária municipal de Cultura do Rio, ao lado do atual prefeito, Eduardo Paes.

“Criamos a primeira Conferência Municipal de Cultura, criamos o Conselho Municipal de Cultura. Eu reabri o Imperator”

VERDADEIRO, MAS

Jandira realmente impulsionou a primeira Conferência Municipal de Cultura do Rio. O evento ocorreu em outubro de 2009 com o tema “Integração e Direito à Cidade”.

Naquele mesmo mês, saiu a lei que criou o Conselho Municipal de Cultura. Jandira ainda era secretária de Eduardo Paes.

Sobre o Méier, no entanto, uma ressalva. A ex-secretária realmente lançou o edital para a reabertura do espaço cultural da Zona Norte do Rio. Isso ocorreu em março de 2010. Mas o Imperator só reabriu as portas ao público em junho de 2012, dois anos depois, na gestão do então secretário municipal de Cultura, Emilio Kalil.

(Com Marina Estarque)

O conteúdo produzido pela Lupa é de inteira responsabilidade da agência e não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.

A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos

Esse conteúdo foi útil?

1 2 3 4 5

Você concorda com o resultado desta checagem?

Sim Não

Leia também

SIGNATORY- International Fact-Checking Network
Etiquetas
VERDADEIRO
A informação está comprovadamente correta
VERDADEIRO, MAS
A informação está correta, mas o leitor merece mais explicações
AINDA É CEDO PARA DIZER
A informação pode vir a ser verdadeira. Ainda não é
EXAGERADO
A informação está no caminho correto, mas houve exagero
CONTRADITÓRIO
A informação contradiz outra difundida antes pela mesma fonte
SUBESTIMADO
Os dados são mais graves do que a informação
INSUSTENTÁVEL
Não há dados públicos que comprovem a informação
FALSO
A informação está comprovadamente incorreta
DE OLHO
Etiqueta de monitoramento
Seções
Arquivo