A PRIMEIRA AGÊNCIA DE FACT-CHECKING DO BRASIL

Prefeito Marcelo Crivella no Dia Internacional da Mulher. Divulgação
Prefeito Marcelo Crivella no Dia Internacional da Mulher. Divulgação

Rio infla em 640% total de atendimentos a mulheres agredidas no Carnaval

| Rio de Janeiro | lupa@lupa.news
09.mar.2017 | 20h37 |

Ao anunciar nesta quinta-feira (9) um novo protocolo de atendimento a mulheres vítimas de violência sexual, a Prefeitura do Rio misturou dados e aumentou em 640% a quantidade de chamados que o 190 recebeu de mulheres que se sentiram agredidas durante os cinco dias de carnaval. A Lupa conferiu as informações divulgadas no site da administração municipal. Veja o resultado.

“Em cinco dias de carnaval, a Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro prestou 15.943 atendimentos a mulheres vítimas de agressão”

prefeituradorio_atendimento

FALSO

Segundo o balanço da PM, nos cinco dias de carnaval, foram atendidas 15.943 solicitações através do número 190. O total inclui qualquer tipo de chamado. O número de ligações relacionadas à violência contra a mulher foi de 2.154 – ou 13,5% do total de atendimentos feitos no período.

Procurada para comentar, a prefeitura admitiu o erro e, depois, corrigiu a informação.

Leia outras checagens de ‘Cidades’ / Outras publicadas neste mês / Volte à home

O conteúdo produzido pela Lupa é de inteira responsabilidade da agência e não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.

A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos

Esse conteúdo foi útil?

1 2 3 4 5

Você concorda com o resultado desta checagem?

Sim Não

Leia também

SIGNATORY- International Fact-Checking Network
Etiquetas
VERDADEIRO
A informação está comprovadamente correta
VERDADEIRO, MAS
A informação está correta, mas o leitor merece mais explicações
AINDA É CEDO PARA DIZER
A informação pode vir a ser verdadeira. Ainda não é
EXAGERADO
A informação está no caminho correto, mas houve exagero
CONTRADITÓRIO
A informação contradiz outra difundida antes pela mesma fonte
SUBESTIMADO
Os dados são mais graves do que a informação
INSUSTENTÁVEL
Não há dados públicos que comprovem a informação
FALSO
A informação está comprovadamente incorreta
DE OLHO
Etiqueta de monitoramento
Seções
Arquivo