A PRIMEIRA AGÊNCIA DE FACT-CHECKING DO BRASIL

Cidade de Deus registrou tiroteios em 17 dias de 2018

| Rio de Janeiro | lupa@lupa.news
31.jan.2018 | 19h05 |

17. Este é o total de dias em que houve tiroteios na Cidade de Deus, desde que o ano começou. Mundialmente conhecida por conta do filme homônimo, a favela da Zona Oeste do Rio de Janeiro teve, desde o dia 1 de janeiro, 44 registros de troca de tiros. O dado, computado pelo aplicativo Fogo Cruzado, aponta que há uma média de mais de um tiroteio por dia na região. Só nesta quarta-feira (31), foram registrados nove tiroteios até as 18h35.

Nesta manhã, o local voltou a ser cenário de confronto, levando à morte de três pessoas e ao fechamento da Linha Amarela, uma das principais vias expressas da capital fluminense. A Lupa levantou números sobre criminalidade na região da Cidade de Deus. A favela, que conta com uma Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) desde fevereiro de 2009, está circunscrita à 32ª Delegacia Policial, que também atende aos bairros de Anil, Curicica, Gardênia Azul, Jacarepaguá e Taquara. Veja a seguir as informações oficiais:

113,3% –  este é o aumento da letalidade violenta na região da Cidade de Deus entre 2012, ano com melhor índice desde a instalação da UPP, e 2017. No ano passado, houve 96 casos de homicídios dolosos, homicídios decorrentes de intervenção policial, latrocínios e lesões corporais nas proximidades da Cidade de Deus. Em 2012, foram 45 casos.


78% – é a queda registrada no total de operações policiais feitas de 2009 a 2017 na região da Cidade de Deus para apreender drogas. Há nove anos foram registradas 441. No ano passado, 97.


175,9% – foi a alta no número de roubos a transeunte, de celular e em coletivo registrados na Cidade de Deus entre o menor número de casos pós UPP (2012 – 733 casos) e o ano passado(2.023).


83% – é o crescimento na quantidade de armas apreendidas na região onde fica a Cidade de Deus. Desde 2009, o número quase dobrou: de 60 ao longo de todo aquele, para 110 em 2017.

Em nota, o comando da UPP da Cidade de Deus informou que está em “monitoramento constante” da atividade criminosa do local e fez um balanço das ações realizadas neste ano.

Leia outras checagens de ‘Cidades’ / Outras publicadas neste mês / Volte à home

O conteúdo produzido pela Lupa é de inteira responsabilidade da agência e não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.

A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos

Esse conteúdo foi útil?

1 2 3 4 5

Você concorda com o resultado desta checagem?

Sim Não

Leia também

Etiquetas
VERDADEIRO
A informação está comprovadamente correta
VERDADEIRO, MAS
A informação está correta, mas o leitor merece mais explicações
AINDA É CEDO PARA DIZER
A informação pode vir a ser verdadeira. Ainda não é
EXAGERADO
A informação está no caminho correto, mas houve exagero
CONTRADITÓRIO
A informação contradiz outra difundida antes pela mesma fonte
SUBESTIMADO
Os dados são mais graves do que a informação
INSUSTENTÁVEL
Não há dados públicos que comprovem a informação
FALSO
A informação está comprovadamente incorreta
DE OLHO
Etiqueta de monitoramento
Seções
Arquivo