A PRIMEIRA AGÊNCIA DE FACT-CHECKING DO BRASIL

Lupa e Futura lançam projeto ‘Fake ou News’ para jovens do Ensino Médio

| Rio de Janeiro | lupa@lupa.news
26.fev.2018 | 06h00 |

Em um mundo cada vez mais globalizado, as pessoas são bombardeadas por informações vindas de todos os lados. E a velocidade das notícias se torna sinônimo de poder. Se, por um lado, a comunicação é democratizada, permitindo acesso a novos conteúdos, por outro, o compartilhamento cada vez mais rápido da informação pode contribuir para a propagação de notícias falsas, fora de contexto, com erros e até mesmo mentirosas.

Diante desse cenário, a Lupa e o Canal Futura lançam, com o apoio do Google, do Instituto Votorantim, da Fundação Bradesco, do Itaú Social e do Decod (projeto dos alunos de Direito da FGV), o projeto ‘Fake ou News’ – É falso ou é notícia?”. O objetivo em conjunto é auxiliar jovens a checar informações e a combater a desinformação.

FON site

A partir desta segunda-feira (26), a plataforma www.fakeounews.org reunirá conteúdos sobre temas como “Por que checar antes de publicar ou compartilhar uma informação?”, “Será que essa informação está dentro do contexto?” e “Nem tudo que se vê (e se ouve) é real. E agora?”.

Até as eleições de 2018, serão criadas e publicadas cerca de 30 trilhas do conhecimento, que conduzem por diversas etapas de aprofundamento sobre os mais diversos assuntos.

Segundo Cristina Tardáguila, diretora da Lupa, a melhor forma de combater a disseminação de informações falsas é a educação. “Queremos que as pessoas entendam que serão alvos de muitas ‘notícias falsas’ e que saibam como identificar e reagir a esse tipo de conteúdo. Focar nos jovens que poderão votar pela primeira vez neste ano é um passo mais do que acertado. Eles serão, sem dúvida, multiplicadores daquilo que aprenderão com as trilhas”, explica.

Para José Brito, gerente de Distribuição do Canal Futura, o objetivo do projeto é oferecer um rápido passo a passo com as informações verificadas e que já estão na web. “Dentro desse contexto, a parceria com a Agência Lupa e o Google é uma grande conquista, pois juntos ampliamos as práticas de verificação de fatos e conteúdos, transformando o projeto em uma grande plataforma de Educação Digital”, diz. “Queremos falar com estudantes, professores e jovens que, através de um clique, podem mudar o mundo com mais segurança e responsabilidade”, completa Brito.

Leia outras informações institucionais / Home

O conteúdo produzido pela Lupa é de inteira responsabilidade da agência e não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.

A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos

Esse conteúdo foi útil?

1 2 3 4 5

Você concorda com o resultado desta checagem?

Sim Não

Leia também

SIGNATORY- International Fact-Checking Network
Etiquetas
VERDADEIRO
A informação está comprovadamente correta
VERDADEIRO, MAS
A informação está correta, mas o leitor merece mais explicações
AINDA É CEDO PARA DIZER
A informação pode vir a ser verdadeira. Ainda não é
EXAGERADO
A informação está no caminho correto, mas houve exagero
CONTRADITÓRIO
A informação contradiz outra difundida antes pela mesma fonte
SUBESTIMADO
Os dados são mais graves do que a informação
INSUSTENTÁVEL
Não há dados públicos que comprovem a informação
FALSO
A informação está comprovadamente incorreta
DE OLHO
Etiqueta de monitoramento
Seções
Arquivo