A PRIMEIRA AGÊNCIA DE FACT-CHECKING DO BRASIL

SobreElas: Única promessa feita às mulheres de Alagoas não saiu do papel

Repórter | Rio de Janeiro | lupa@lupa.news
07.mar.2018 | 12h00 |

No programa de governo que registrou no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) em 2014, o hoje governador de Alagoas, Renan Filho (MDB), fez apenas uma proposta de política pública voltada às mulheres. Agora, depois de três anos no poder, ela ainda não saiu do papel. A situação também não é boa em Maceió: o prefeito, Rui Palmeira (PSDB), eleito em 2016, não apresentou nenhuma proposta detalhada para as mulheres durante sua campanha. A Lupa procurou a prefeitura, que enviou uma nota na qual detalha as ações feitas sobre o tema em 2017. 

No mês em que se celebra o Dia Internacional da Mulher, a Lupa volta às promessas feitas às eleitoras nas campanhas de 2014 e 2016 para ver se saíram ou não do papel. Trata-se da série SobreElas. A seguir, o resultado da análise de Alagoas:

“Implementar o Plano Estadual de Políticas para as Mulheres, articulado com o Plano Nacional, para que as políticas públicas municipais tenham um enfoque especial para o público feminino, como estratégia de inclusão social e promoção da igualdade”
Página 59 do programa de governo que Renan Filho (MDB), hoje governador de Alagoas, registrou no TSE em 2014Transcorridos mais de três anos de mandato, o governo do estado de Alagoas sequer formulou o Plano Estadual de Políticas para as Mulheres, que fixa as ações e estabelece metas a serem cumpridas. Consequentemente, a prometida implementação não aparece no horizonte.

Procurada, a Superintendência da Mulher da Secretaria da Mulher e Direitos Humanos de Alagoas informou que eles estão “trabalhando para, em breve, construir esse Plano”.

Leia outras checagens da série SobreElas / Leia outras deste mês / Volte à home

O conteúdo produzido pela Lupa é de inteira responsabilidade da agência e não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.

A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos

Esse conteúdo foi útil?

1 2 3 4 5

Você concorda com o resultado desta checagem?

Sim Não

Leia também

Etiquetas
VERDADEIRO
A informação está comprovadamente correta
VERDADEIRO, MAS
A informação está correta, mas o leitor merece mais explicações
AINDA É CEDO PARA DIZER
A informação pode vir a ser verdadeira. Ainda não é
EXAGERADO
A informação está no caminho correto, mas houve exagero
CONTRADITÓRIO
A informação contradiz outra difundida antes pela mesma fonte
SUBESTIMADO
Os dados são mais graves do que a informação
INSUSTENTÁVEL
Não há dados públicos que comprovem a informação
FALSO
A informação está comprovadamente incorreta
DE OLHO
Etiqueta de monitoramento
Seções
Arquivo