A PRIMEIRA AGÊNCIA DE FACT-CHECKING DO BRASIL

#SomosLupeiros
#SomosLupeiros

LupaEducação faz um ano e entra em nova fase, voltada ao ensino médio

Fundadora | Rio de Janeiro | lupa@lupa.news
31.mar.2018 | 12h00 |

Faz exatamente um ano que o LupaEducação, braço educativo da Agência Lupa responsável por organizar palestras, oficinas e treinamentos in-company sobre checagem, saiu do papel. E que grande passo! Que orgulho dessa iniciativa! Ajuda a marcar as comemorações do Dia Internacional da Checagem (#FactCheckIt).

Desde o dia 31 de março de 2017, o LupaEducação já ofereceu nada menos do que 24 workshops – uma média de dois por mês – e capacitou mais de 3 mil pessoas em todo o país. Gente de todos os perfis, de todos os gostos, com os interesses mais diversos. E esse grande grupo de novos checadores criou uma comunidade única no Brasil – a dos “Lupeiros” – e mantém constante diálogo. São pessoas que buscam a verdade.

“Alguns desses lupeiros e lupeiras, os que se destacaram nos treinamentos presenciais, foram convidados para compor a equipe de jornalistas e estagiários da agência”, conta Douglas Silveira, gerente de marketing da Lupa. “Outros foram contratados para produzir checagens para a agência em estados como Bahia, Maranhão e Paraná – publicadas em veículos como Folha de S.Paulo e Rádio CBN. Algo que muito nos orgulha”.

Em 2017, o LupaEducação passou por oito cidades: Rio de Janeiro, Duque de Caxias, Belo Horizonte, São Paulo, São Leopoldo, Porto Alegre, Curitiba e Salvador. Nelas, ofereceu 17 oficinas. Nos três primeiros meses de 2018, já visitou quatro localidade – Florianópolis, São Paulo, Brasília e Rio de Janeiro – e deu um total de sete workshops. Prova de que o assunto desperta interesse e que vem sendo bem recebido nos quatro cantos do país.

Como não poderia deixar de ser, o LupaEducação também apostou em cursos online. A convite do Knight Center (Universidade do Texas), da ANJ e do Google, ofereceu para mais de 2.800 pessoas o primeiro MOOC em português sobre fact-checking. Foram quatro semanas intensas de trabalhos e atividades online.

E, para 2018, a tarefa é ir mais além. Treinar não só universitários e profissionais, mas levar o fact-checking aos colégios, aos adolescentes.

Desde fevereiro, a Lupa é parceira do Canal Futura e alimenta a plataforma FakeouNews.org. Lá, qualquer cidadão encontra o passo a passo para fazer seu próprio fact-checking, como identificar uma notícia falsa e tudo mais que gira em torno do processo de verificação de conteúdos online.

Ainda como parte desta iniciativa, a Lupa fará dois treinamentos em escolas de Ensino Médio do Rio de Janeiro – uma pública e uma privada. É a equipe da agência levando a lógica da checagem a jovens que terão direito de votar pela primeira vez em outubro deste ano.

Se você se interessou pelo assunto e gostaria que sua escola recebesse um treinamento da Lupa, entre em contato. Escreva para lupa@lupa.news, com a expressão “Jovens checadores” no assunto do e-mail.

Se você gostaria de se inscrever em um dos treinamentos da Lupa, veja o calendário a seguir, referente ao mês de abril:

8 de abril – de 9h às 17h, em São Paulo. Inscrições aqui.

11 e 12 de abril – de 18h30 às 21h30, em cada dia, no Rio de Janeiro. Inscrições aqui.

14 de abril – de 9h às 17h, no Rio de Janeiro – inscrições aqui.

Para outras turmas, outras datas ou outras cidades, por favor preencha o formulário do LupaEducação. Você será avisado quando houver uma oficina perto de você.

Leia outras informações institucionais / Home

O conteúdo produzido pela Lupa é de inteira responsabilidade da agência e não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.

A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos

Esse conteúdo foi útil?

1 2 3 4 5

Você concorda com o resultado desta checagem?

Sim Não

Leia também

Etiquetas
VERDADEIRO
A informação está comprovadamente correta
VERDADEIRO, MAS
A informação está correta, mas o leitor merece mais explicações
AINDA É CEDO PARA DIZER
A informação pode vir a ser verdadeira. Ainda não é
EXAGERADO
A informação está no caminho correto, mas houve exagero
CONTRADITÓRIO
A informação contradiz outra difundida antes pela mesma fonte
SUBESTIMADO
Os dados são mais graves do que a informação
INSUSTENTÁVEL
Não há dados públicos que comprovem a informação
FALSO
A informação está comprovadamente incorreta
DE OLHO
Etiqueta de monitoramento
Seções
Arquivo