A PRIMEIRA AGÊNCIA DE FACT-CHECKING DO BRASIL

Foto: Ricardo Stuckert
Foto: Ricardo Stuckert

#Verificamos: MST não promete guerra civil se Lula continuar preso

Repórter | Rio de Janeiro | lupa@lupa.news
25.jul.2018 | 18h02 |

Circulam nas redes sociais “notícias” de que o Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST) teria prometido uma guerra civil caso o ex-presidente Lula continue preso. Por meio do projeto de verificação de notícias, usuários do Facebook solicitaram que essas informações fossem verificadas. Confira a seguir a análise da Lupa:

“MST promete guerra civil se Lula continuar preso”
Publicação feita pelos sites The Folha e Ceilândia em Ação, com 39,9 mil interações interações no Facebook até as 11h do dia 25 de julho de 2018, segundo a ferramenta Buzzsumo

FALSO

Essa não é a primeira vez que uma falsa ameaça de guerra civil por parte do MST circula nas redes. A suposta ameaça bélica foi uma das “notícias” mais compartilhadas no dia do julgamento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no TRF-4, em janeiro deste ano. Na ocasião, a Lupa também checou este conteúdo. Agora, foi feita apenas uma mudança sutil no título. O que antes era “MST promete guerra civil em caso de prisão de Lula”, agora é “MST promete guerra civil se Lula continuar preso”.

Trata-se apenas de um conteúdo “caça-clique”. O site The Folha copiou um texto de um colunista do site Brasil 247, que não menciona o MST em nenhum momento, e publicou em seu site com um título chamativo, com o objetivo de atrair cliques dos leitores. O conteúdo foi copiado pelo site Ceilândia em Alerta.

A “notícia”, ainda, é ilustrada com foto de Guilherme Boulos, que não é do MST e sim do MTST, Movimento dos Trabalhadores Sem Teto.

Em nota, o MST afirmou que segue na batalha da luta de classes e que trava guerras no sentido político, e não militar, do termo.

*Nota: esta reportagem faz parte do projeto de verificação de notícias no Facebook. Dúvidas sobre o projeto? Entre em contato direto com o Facebook.

Editado por: Chico Marés e Leandro Resende

O conteúdo produzido pela Lupa é de inteira responsabilidade da agência e não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.

A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos

Esse conteúdo foi útil?

1 2 3 4 5

Você concorda com o resultado desta checagem?

Sim Não

Leia também

SIGNATORY- International Fact-Checking Network
Etiquetas
VERDADEIRO
A informação está comprovadamente correta
VERDADEIRO, MAS
A informação está correta, mas o leitor merece mais explicações
AINDA É CEDO PARA DIZER
A informação pode vir a ser verdadeira. Ainda não é
EXAGERADO
A informação está no caminho correto, mas houve exagero
CONTRADITÓRIO
A informação contradiz outra difundida antes pela mesma fonte
SUBESTIMADO
Os dados são mais graves do que a informação
INSUSTENTÁVEL
Não há dados públicos que comprovem a informação
FALSO
A informação está comprovadamente incorreta
DE OLHO
Etiqueta de monitoramento
Seções
Arquivo