A PRIMEIRA AGÊNCIA DE FACT-CHECKING DO BRASIL

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

SUS, CLT e fronteira com produtores de drogas: exageros de Alckmin no Roda Viva

Rio de Janeiro | lupa@lupa.news
26.jul.2018 | 06h00 |

Pré-candidato à Presidência da República pelo PSDB, o ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin foi o entrevistado do programa Roda Viva da última segunda (23). A Lupa checou algumas das frases ditas pelo tucano, confira abaixo:

“O Governo Federal (…) não corrige a tabela do SUS há mais de dez anos”
Geraldo Alckmin, pré-candidato à Presidência da República pelo PSDB, em entrevista ao Roda Viva, no dia 23 de julho de 2018

EXAGERADO

O Ministério da Saúde (MS) afirma, em nota, que mais de mil procedimentos do SUS tiveram os valores reajustados de 2010 para cá. Só no ano passado, foram 79 – entre eles, a sessão de hemodiálise, por exemplo, que passou de R$ 179,03 para R$ 194,20, um aumento de 8,47%, determinado pela portaria nº 98 do MS. Em 2010, as cirurgias cardíacas tiveram um reajuste mais expressivo. As portarias reajustaram entre 4% e 227% o valor de 105 procedimentos cardiovasculares que constam da tabela do SUS. Apesar disso, o Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde e outras entidades criticam a defasagem dos valores. Procurada, a assessoria de Alckmin disse que “defasagem da tabela do SUS é pública e notória”.


“Nós tínhamos uma legislação [a CLT] da década de 1940 do século passado”
Geraldo Alckmin, pré-candidato à Presidência da República pelo PSDB, em entrevista ao Roda Viva, no dia 23 de julho de 2018

EXAGERADO

A Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) entrou em vigor em 10 de novembro de 1943. Mas de lá para cá, ela foi modificada – inclusive em 2016, ano anterior ao da reforma trabalhista. Atualmente, de 922 artigos da lei, 596 (64%) sofreram alguma alteração ao longo dos anos. A reforma de 2017, especificamente, mexeu com 73 artigos da CLT. Só 20 estavam no texto original  da década de 1940. Procurada, a assessoria afirmou que não houve exagero, visto que a CLT, de fato, é de 1940.


“[No Brasil] São 17 mil quilômetros de fronteira seca com os maiores produtores de drogas do mundo”
Geraldo Alckmin, pré-candidato à Presidência da República pelo PSDB, em entrevista ao Roda Viva, no dia 23 de julho de 2018

EXAGERADO

Segundo o relatório de estratégia internacional de combate às drogas do Departamento de Estado dos Estados Unidos e o Relatório Mundial sobre Drogas de 2017, da ONU, três países que fazem fronteira com o Brasil estão entre os que têm “produção significativa de substâncias ilícitas”: Colômbia, Peru e Bolívia. No entanto, a fronteira terrestre do Brasil com esses países é de 8.062 quilômetros – e não 17 mil quilômetros, como disse Alckmin. O número citado pelo pré-candidato se aproxima da totalidade da fronteira terrestre brasileira, que é de 16.886 quilômetros. Procurada, a assessoria do tucano disse que “a transcrição foi imprecisa”.


“Nós somos o primeiro do país no Ideb, tanto no primeiro ciclo [anos iniciais do Ensino Fundamental], quanto no segundo ciclo [anos finais do Ensino Fundamental]. (…) Ensino Médio nós somos o primeiro do país. (…) Nós somos o primeiro nos três”
Geraldo Alckmin, pré-candidato à Presidência da República pelo PSDB, em entrevista ao Roda Viva, no dia 23 de julho de 2018

VERDADEIRO, MAS

A rede estadual de ensino de São Paulo tem, de fato, as maiores notas no levantamento mais recente do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), publicado em 2015. O estado obteve 6,4 nos anos iniciais do Ensino Fundamental, 4,7 nos anos finais – empatado com Santa Catarina e Goiás – e 3,9 no Ensino Médio – junto com Pernambuco. No entanto, apesar disso, o estado só atingiu a meta projetada pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) nos anos iniciais do ensino fundamental.


“É justo [para] quem trabalha na agricultura, nos serviços, na televisão, no comércio, na indústria a aposentadoria ser em media R$ 1.391 e (…) no legislativo federal ser R$ 26 mil?”
Geraldo Alckmin, pré-candidato à Presidência da República pelo PSDB, em entrevista ao Roda Viva, no dia 23 de julho de 2018

VERDADEIRO

Segundo o Boletim Estatístico da Previdência Social de abril de 2018, em média, os benefícios previdenciários são de R$ 1.391,74. Já o Boletim Estatístico de Pessoal de dezembro de 2016, último disponível no site do Ministério do Planejamento, mostra que aposentados pelo Poder Legislativo federal ganham, em média, R$ 28.593, valor ligeiramente maior do que o citado pelo pré-candidato.


“Eu entreguei 295 creches, o atual governador, Márcio França, entregou mais 18 e tem mais de 200 em obras
Geraldo Alckmin, pré-candidato à Presidência da República pelo PSDB, em entrevista ao Roda Viva, no dia 23 de julho de 2018

VERDADEIRO

A Secretaria de Educação do Estado de São Paulo informou por nota que, durante a gestão de Alckmin (2011 a abril de 2018), 295 creches foram entregues aos municípios.  Já o atual governador do estado, Márcio França, foi responsável pela entrega de 18 unidades em seus quatro meses de gestão. Há ainda, segundo o órgão, 252 creches em construção no estado.


“Subindo 50 pontos no Pisa, nós vamos crescer um ponto no PIB permanentemente, em caráter de produtividade”
Geraldo Alckmin, pré-candidato à Presidência da República pelo PSDB, em entrevista ao Roda Viva, no dia 23 de julho de 2018

VERDADEIRO

O estudo Universal Basic Skills: What Countries Stand to Gain” (Competências universais básicas: o que os países ganham em sustentá-las), da Universidade de Stanford, de fato, concluiu que, no Brasil, o crescimento de 50.9 pontos no Pisa adicionaria um ponto percentual ao crescimento de longo prazo do Produto Interno Bruto do país. A pesquisa, que se deteve sobre os ganhos econômicos a partir do investimento em educação foi publicada pela Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico em 2015.  

Editado por: Natália Leal

O conteúdo produzido pela Lupa é de inteira responsabilidade da agência e não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.

A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos

Esse conteúdo foi útil?

1 2 3 4 5

Você concorda com o resultado desta checagem?

Sim Não

Leia também

Etiquetas
VERDADEIRO
A informação está comprovadamente correta
VERDADEIRO, MAS
A informação está correta, mas o leitor merece mais explicações
AINDA É CEDO PARA DIZER
A informação pode vir a ser verdadeira. Ainda não é
EXAGERADO
A informação está no caminho correto, mas houve exagero
CONTRADITÓRIO
A informação contradiz outra difundida antes pela mesma fonte
SUBESTIMADO
Os dados são mais graves do que a informação
INSUSTENTÁVEL
Não há dados públicos que comprovem a informação
FALSO
A informação está comprovadamente incorreta
DE OLHO
Etiqueta de monitoramento
Seções
Arquivo