A PRIMEIRA AGÊNCIA DE FACT-CHECKING DO BRASIL

Lupa integra Sala da Democracia da FGV/DAPP e acompanha notícias falsas

por Equipe Lupa
13.ago.2018 | 18h24 |

A Sala de Democracia Digital – #observa2018 é uma iniciativa da FGV/DAPP para monitorar o debate público e o impacto das práticas de desinformação nas redes sociais durante as eleições de 2018. Visa a disponibilizar de forma pública e acessível análises diárias sobre as discussões sobre políticas públicas, temas eleitorais e ações de manipulação do processo político, assim como a presença de perfis automatizados (robôs) e a difusão de notícias falsas.

A Agência Lupa é um dos integrantes da sala. Estão ao seu lado o Digital Forensic Research Lab (DFRL), do Atlantic Council; o Instituto de Tecnologia e Equidade (IT&E); Moore-Sloan Data Science Environment, da New York University (NYU); e a Escola de Direito de São Paulo da FGV. A iniciativa conta ainda com um comitê de “Observadores de Democracia Digital”, formado por uma rede de entidades parceiras da FGV/DAPP. Conheça o site.

Na última sexta-feira (10), a Lupa publicou a primeira análise em conjunto com a FGV/DAPP neste período eleitoral. Trata-se de uma reflexão sobre o primeiro debate presidencial da campanha deste ano. Veja aqui o resultado dessa colaboração.

“A FGV/DAPP é parceira da Lupa desde 2016. Tem excelentes profissionais e uma estrutura incrível para analisar conversas digitais. A Lupa entra na Sala da Democracia para abrir mais uma frente contra a desinformação e vamos com tudo”, diz a diretora da agência, Cristina Tardáguila.

“A parceira com a Agência Lupa na Sala de Democracia Digital é de fundamental importância, na medida em que complementa a análise e monitoramento de redes da FGV/DAPP com a experiência do fact-checking, convergindo no combate à desinformação”, afirma Marco Ruediger, Diretor da FGV/DAPP.

Documentário em 2019

O IT&E e a Elo estão preparando o documentário “Sala da Democracia”, com o objetivo de “alertar a população em relação aos riscos dos processos de desinformação em massa (uso de notícias falsas, bots e farms, entre outros) no processo eleitoral”. Ariel Kogan, que lidera a iniciativa, prevê que o material estreie em 2019 e que “será uma excelente ferramenta de alfabetização midiática”, com “boas oportunidades nos diversos festivais de cinema que acontecem pelo mundo”. Para apoiar esse projeto, acesse o Catarse e faça sua contribuição.

Editado por: Equipe Lupa

O conteúdo produzido pela Lupa é de inteira responsabilidade da agência e não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.

A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos

Leia também

Etiquetas
VERDADEIRO
A informação está comprovadamente correta
VERDADEIRO, MAS
A informação está correta, mas o leitor merece mais explicações
AINDA É CEDO PARA DIZER
A informação pode vir a ser verdadeira. Ainda não é
EXAGERADO
A informação está no caminho correto, mas houve exagero
CONTRADITÓRIO
A informação contradiz outra difundida antes pela mesma fonte
SUBESTIMADO
Os dados são mais graves do que a informação
INSUSTENTÁVEL
Não há dados públicos que comprovem a informação
FALSO
A informação está comprovadamente incorreta
DE OLHO
Etiqueta de monitoramento
Seções
Arquivo