A PRIMEIRA AGÊNCIA DE FACT-CHECKING DO BRASIL

#Verificamos: programa de governo de Ciro Gomes não prevê exportação de carne de jumento

Rio de Janeiro | lupa@lupa.news
06.out.2018 | 19h21 |

Circula na internet uma montagem de fotos de jumentos, Katia Abreu e Ciro Gomes com o texto “Programa de governo: exportar carne de jumento”. Por meio do projeto de verificação de notícias, usuários do Facebook solicitaram que esse material fosse analisado. Confira a seguir o trabalho de verificação da Lupa:

“Programa de governo: exportar carne de jumento. Ué causa animal? Ciro não!”
Post publicado no Facebook com pelo menos 242 compartilhamentos até às 17h16 do dia 6 de outubro de 2018

FALSO

O programa de governo registrado por Ciro Gomes no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) não menciona qualquer plano relacionado à exportação de carne de jumento – e de nenhum outro tipo de carne. No terceiro capítulo do documento, destinado a políticas de desenvolvimento e meio ambiente, no ítem 3.15 o candidato defende a “criação de política de proteção aos animais.” Também não há declarações pública de Ciro sobre esse tema.

Já a vice na chapa do PDT, Kátia Abreu, falou sobre o assunto publicamente pelo menos duas vezes. Em 2015, relatou, em sua conta no Twitter, o pedido de um “investidor asiático” para importar jumentos do Brasil. À época, Kátia era ministra da Agricultura e participava de um evento na China, com investidores e com o ministro local. “No seminário dos empresários chamou a atenção um investidor c/um interesse que nos pareceu piada mas não era: quer importar jumentos para a China”, escreveu ela.

Em agosto de 2017, Kátia publicou em seu Facebook uma imagem em que aparece tomando sopa de jumento em Pequim, capital da China, e elogiando o alimento. “Exportação de carne de jumento é uma grande oportunidade de negócio para o Brasil”, afirmou a candidata.

A atual vice de Ciro foi ministra da Agricultura de dezembro de 2014 a maio de 2016. Nem naquele período, e nem neste ano, o Brasil exportou carne de jumentos para a China, de acordo com dados do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços. Uma pesquisa com o código “carnes de animais das espécies cavalar, asinina e muar, frescas, refrigeradas ou congeladas” revela que, em 2018, o Brasil exportou U$ 6,2 milhões deste tipo de carne – a maior parte para a Rússia. Veja os dados completos aqui.

Nota: esta reportagem faz parte do projeto de verificação de notícias no Facebook. Dúvidas sobre o projeto? Entre em contato direto com o Facebook.

Editado por: Cristina Tardáguila

O conteúdo produzido pela Lupa é de inteira responsabilidade da agência e não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.

A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos

Esse conteúdo foi útil?

1 2 3 4 5

Você concorda com o resultado desta checagem?

Sim Não

Leia também

Etiquetas
VERDADEIRO
A informação está comprovadamente correta
VERDADEIRO, MAS
A informação está correta, mas o leitor merece mais explicações
AINDA É CEDO PARA DIZER
A informação pode vir a ser verdadeira. Ainda não é
EXAGERADO
A informação está no caminho correto, mas houve exagero
CONTRADITÓRIO
A informação contradiz outra difundida antes pela mesma fonte
SUBESTIMADO
Os dados são mais graves do que a informação
INSUSTENTÁVEL
Não há dados públicos que comprovem a informação
FALSO
A informação está comprovadamente incorreta
DE OLHO
Etiqueta de monitoramento
Seções
Arquivo