A PRIMEIRA AGÊNCIA DE FACT-CHECKING DO BRASIL

#Verificamos: é verdadeira imagem de Witzel ao lado de deputados que quebraram placa com o nome de Marielle Franco

por Chico Marés
08.out.2018 | 17h28 |

Circula nas redes sociais uma imagem do candidato ao governo do Rio de Janeiro Wilson Witzel (PSC) ao lado dos deputados do PSL que quebraram placa de rua com o nome da vereadora Marielle Franco (PSOL), assassinada em março deste ano. Por meio do projeto de verificação de notícias, usuários do Facebook solicitaram que esse material fosse analisado. Confira a seguir o trabalho de verificação da Lupa:

“Já sei quem é Witzel! O que estava junto quebrando a placa da Marielle”
Texto que acompanha imagens no Facebook, com mais de 5 mil compartilhamentos até às 17h desta segunda-feira (08/10). Veja aqui e aqui.

VERDADEIRO

O candidato do PSC ao governo do Rio realmente foi fotografado ao lado de Daniel Silveira e Rodrigo Amorim, responsáveis por quebrar a placa com o nome de Marielle Franco. Ambos são do PSL e foram eleitos neste domingo (07) para os cargos de deputado federal e deputado estadual, respectivamente. Witzel estava no evento, realizado na cidade de Petrópolis, região serrana do Rio de Janeiro, que foi gravado e transmitido ao vivo via Facebook, no dia 30 de setembro.

O vídeo se inicia com Daniel Silveira ao lado de Witzel, pedindo votos, durante discurso de Rodrigo Amorim. Por volta dos 52 segundos de gravação, a placa com o nome de Marielle Franco, já quebrada, é mencionada.

“Eu vou dar uma notícia para vocês. Esses vagabundos, eles foram na Cinelândia, e à revelia de todo mundo, eles pegaram uma placa da Praça Marechal Floriano, no Rio de Janeiro, e botaram uma placa escrito Rua Marielle Franco. Eu e Daniel essa semana fomos lá e quebramos a placa. Jair Bolsonaro sofreu um atentado contra a democracia e esses canalhas calaram a boca. Por isso, a gente vai varrer esses vagabundos. Acabou Psol, acabou PCdoB, acabou essa p**** aqui. Agora é Bolsonaro, p***”, discursou Amorim, enquanto Daniel Silveira exibia a placa quebrada para o público no ato. Neste momento, Witzel vira a câmera para si e diz: “é isso aí, pessoal. Olha a resposta”.

Em nota, a assessoria de Witzel confirmou que o candidato realmente discursava no palanque no momento em que a placa de rua com o nome de Marielle Franco foi exibida pelos candidatos do PSL. O texto informa que o candidato do PSC lamenta “a morte de qualquer ser humano em circunstâncias criminosas” e que as investigações sobre o caso “serão feitas com rigor”.

Witzel também enviou uma declaração à Lupa, dizendo ter sido surpreendido com a atitude: “Não falei em meu discurso sobre a placa, fui surpreendido com a sua apresentação e qualquer pessoa que venha a imputar a mim qualquer coisa relativa a ela sofrerá as sanções penais cabíveis. Qualquer questão relativa a essa placa deve ser perguntada aos deputados eleitos responsáveis”, declarou.

*Nota: esta reportagem faz parte do projeto de verificação de notícias no Facebook. Dúvidas sobre o projeto? Entre em contato direto com o Facebook.

Editado por: Leandro Resende e Clara Becker

O conteúdo produzido pela Lupa é de inteira responsabilidade da agência e não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.

A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos

Esse conteúdo foi útil?

1 2 3 4 5

Você concorda com o resultado desta checagem?

Sim Não

Leia também

Etiquetas
VERDADEIRO
A informação está comprovadamente correta
VERDADEIRO, MAS
A informação está correta, mas o leitor merece mais explicações
AINDA É CEDO PARA DIZER
A informação pode vir a ser verdadeira. Ainda não é
EXAGERADO
A informação está no caminho correto, mas houve exagero
CONTRADITÓRIO
A informação contradiz outra difundida antes pela mesma fonte
SUBESTIMADO
Os dados são mais graves do que a informação
INSUSTENTÁVEL
Não há dados públicos que comprovem a informação
FALSO
A informação está comprovadamente incorreta
DE OLHO
Etiqueta de monitoramento
Seções
Arquivo