A PRIMEIRA AGÊNCIA DE FACT-CHECKING DO BRASIL

#Verificamos: Datafolha não registrou para Haddad voto declarado para Bolsonaro em pesquisa

| Rio de Janeiro | lupa@lupa.news
27.out.2018 | 21h35 |

Circula no Facebook um vídeo que mostraria uma pesquisadora do Datafolha registrando para Fernando Haddad (PT) um voto declarado pelo entrevistado a Jair Bolsonaro (PSL). Por meio do projeto de verificação de notícias, usuários do Facebook solicitaram que essa foto fosse analisada. Confira a seguir o trabalho de verificação da Lupa – feito também pelo Aos Fatos.

“Datafolha computou para Haddad voto declarado em Bolsonaro”
Vídeo publicado no Facebook e que tinha mais de 6,5 compartilhamentos até as 21h do dia 27 de outubro

FALSO

De acordo com o Datafolha, as imagens são de uma pesquisa que estava sendo realizada no dia 17 de outubro na cidade de Ivaiporã (PR). O entrevistado diz, no início da gravação, que declarou voto em Bolsonaro, mas que o equipamento utilizado pela pesquisadora registro o voto em Haddad. Ela, então, liga para o instituto para consultar se há algum erro, mas a explicação não aparece no vídeo.

Segundo o Datafolha, “a pesquisadora constata que o erro na questão 3 foi causado por um erro de aplicação dela na questão 1, ao qual está vinculada. Portanto, não se tratava de uma falha do sistema, mas de aplicação, e ela então corrige a informação (essa parte não é mostrada no vídeo)”.

A “questão 1” a que o instituto se refere à intenção de voto. A “questão 3”, ao motivo da escolha feita na primeira pergunta. Foi por isso, segundo o instituto, que o entrevistado percebeu que a resposta dele havia sido computada errada. O Datafolha também disse que “checa, por telefone ou escuta, 30% do material de cada pesquisador” e que “caso sejam encontrados questionários em desacordo, todos os questionários desse pesquisador são cancelados”.

Neste sábado e domingo a equipe da Agência Lupa se uniu a outras cinco agências de checagens de notícias no Brasil para checar as mensagens de conteúdo suspeito nesta reta final das eleições. A ideia de juntar forças é para ganhar mais agilidade e aumentar o alcance das checagens. A parceria reúne o Fato ou Fake, Projeto Comprova, Lupa, Boatos.org, E-Farsas e Aos Fatos.

*Nota: esta reportagem faz parte do projeto de verificação de notícias no Facebook. Dúvidas sobre o projeto? Entre em contato direto com o Facebook.

Editado por: Equipe Lupa

O conteúdo produzido pela Lupa é de inteira responsabilidade da agência e não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.

A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos

Esse conteúdo foi útil?

1 2 3 4 5

Você concorda com o resultado desta checagem?

Sim Não

Leia também

Etiquetas
VERDADEIRO
A informação está comprovadamente correta
VERDADEIRO, MAS
A informação está correta, mas o leitor merece mais explicações
AINDA É CEDO PARA DIZER
A informação pode vir a ser verdadeira. Ainda não é
EXAGERADO
A informação está no caminho correto, mas houve exagero
CONTRADITÓRIO
A informação contradiz outra difundida antes pela mesma fonte
SUBESTIMADO
Os dados são mais graves do que a informação
INSUSTENTÁVEL
Não há dados públicos que comprovem a informação
FALSO
A informação está comprovadamente incorreta
DE OLHO
Etiqueta de monitoramento
Seções
Arquivo