A PRIMEIRA AGÊNCIA DE FACT-CHECKING DO BRASIL

Sede do TSE teve segurança reforçada neste domingo de segundo turno (Foto: José Cruz/Agência Brasil)
Sede do TSE teve segurança reforçada neste domingo de segundo turno (Foto: José Cruz/Agência Brasil)

#Verificamos: acompanhe, ao vivo, todas as checagens sobre o 2º turno

por Equipe Lupa
27.out.2018 | 08h08 |

Ao longo deste sábado (27) e do domingo (28) – e em parceria com diversas plataformas de checagem e com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) –, a equipe de checadores da Lupa está de plantão para verificar informações falsas que circulam no Facebook e no WhatsApp e que podem atrapalhar o processo eleitoral. Esta página será atualizada ao longo dos dos dias dia, a medida que novas checagens forem publicadas. Clique nos links abaixo para ver o detalhamento de cada uma delas:

28 de outubro de 2018

#Verificamos: ‘Fraude’ em urna de Suzano (SP) era, na verdade, erro de eleitora

#Verificamos: É falso que OEA manteve reuniões ‘estranhas’ ou ‘secretas’ com PT (Com Chequeado)

#Verificamos: É falsa foto de Trump com camiseta pró-Bolsonaro (Com Chequeado)

#Verificamos: Eleitor que denunciou ‘urna falsificada’ ao tentar votar em Bolsonaro errou ordem de votação

#Verificamos: Urnas eletrônicas não estão programadas para o horário de verão (Com Fato ou Fake)

27 de outubro de 2018

#Verificamos: É falsa capa da Veja em que Joaquim Barbosa pede para o Brasil ‘não votar no PT’

Com vídeo editado, Bolsonaro insiste que Barbosa o citou como ‘único deputado’ não comprado pelo PT no Mensalão

#Verificamos: Haddad não usou foto de carnaval para divulgar ato de apoio em Salvador

#Verificamos: Datafolha não registrou para Haddad voto declarado para Bolsonaro em pesquisa (Com Aos Fatos)

#Verificamos: Uso do ‘Tema da Vitória’ de Ayrton Senna não foi autorizado para propaganda de Bolsonaro na TV (Com Fato ou Fake)

#Verificamos FHC não declarou apoio a Fernando Haddad no 2º turno (Com Aos Fatos)

#Verificamos: É falsa capa da Veja em que Bolsonaro diz que acabará com tudo que PT fez

#Verificamos: Foto não mostra jornalista Patrícia Campos Mello abraçada a Haddad

#Verificamos: Livro de Haddad não defende ‘relação sexual entre pais e filhos’

#Verificamos: TSE não trocou empresa responsável pela ‘divulgação da apuração’

Veja a seguir algumas checagens antigas que podem interessar:

25 de outubro de 2018

#Verificamos: São falsas ‘notícias’ sobre urnas apreendidas com votos para Haddad no RS e AM

#Verificamos: É falso tuíte de outubro de 2014 em que Haddad parabeniza Maduro

#Verificamos: É falso que advogado que apoia Haddad defenda agressor de Bolsonaro

23 de outubro de 2018

#Verificamos: Amelinha Teles não ‘matou e esquartejou militares’

#Verificamos: General Mourão não foi torturador na ditadura militar

Outros #Verificamos você encontra no site da Lupa. Clique aqui para ver a coleção completa.

Neste sábado e domingo a equipe da Agência Lupa se uniu a outras cinco agências de checagens de notícias no Brasil para checar as mensagens de conteúdo suspeito nesta reta final das eleições. A ideia de juntar forças é para ganhar mais agilidade e aumentar o alcance das checagens. A parceria reúne o Fato ou Fake, Projeto Comprova, Lupa, Boatos.org, E-Farsas e Aos Fatos.

*Nota: algumas das checagens publicadas nesta reportagem fazem parte do projeto de verificação de notícias no Facebook. Dúvidas sobre o projeto? Entre em contato direto com o Facebook.

Editado por: Equipe Lupa

O conteúdo produzido pela Lupa é de inteira responsabilidade da agência e não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.

A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos

Esse conteúdo foi útil?

1 2 3 4 5

Você concorda com o resultado desta checagem?

Sim Não

Leia também

Etiquetas
VERDADEIRO
A informação está comprovadamente correta
VERDADEIRO, MAS
A informação está correta, mas o leitor merece mais explicações
AINDA É CEDO PARA DIZER
A informação pode vir a ser verdadeira. Ainda não é
EXAGERADO
A informação está no caminho correto, mas houve exagero
CONTRADITÓRIO
A informação contradiz outra difundida antes pela mesma fonte
SUBESTIMADO
Os dados são mais graves do que a informação
INSUSTENTÁVEL
Não há dados públicos que comprovem a informação
FALSO
A informação está comprovadamente incorreta
DE OLHO
Etiqueta de monitoramento
Seções
Arquivo