A PRIMEIRA AGÊNCIA DE FACT-CHECKING DO BRASIL

#Verificamos: ‘Fraude’ em urna de Suzano (SP) era, na verdade, erro de eleitora

| Rio de Janeiro | lupa@lupa.news
28.out.2018 | 18h15 |

Circula no Facebook vídeo em que um eleitor denuncia uma suposta “fraude” numa urna eletrônica da cidade de Suzano, em São Paulo. Por meio do projeto de verificação de notícias, usuários do Facebook solicitaram que esse material fosse analisado. Confira a seguir o trabalho de verificação da Lupa:

“Denúncia de possível fraude na urna em Suzano São Paulo”
Vídeo que até às 17h do dia 28 de outubro de 2018 já tinha mais de 5 mil compartilhamentos no Facebook

FALSO

No vídeo analisado pela Lupa, o locutor informa que sua mãe e outros eleitores de uma zona eleitoral de Suzano estavam tendo problemas para votar. Ao digitar seus votos, estariam obtendo a informação de “nulo”. Para o locutor, aquele seria um sinal de “provável fraude” já que a foto do candidato não aparecia.

Procurado pela reportagem, o Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP) informou que o “problema” na urna foi resultado de um erro cometido pela própria eleitora. Em nota, o órgão acrescentou que “o juiz eleitoral, o promotor e o chefe do cartório da zona 415, de São Paulo, no município de Suzano, compareceram à sessão 221, e verificaram o funcionamento regular da urna eletrônica, e a tranquilidade da votação de vários eleitores no local”.

Veja a seguir íntegra da nota do TRE-SP:

“Não procede a reclamação do eleitor que postou o vídeo, no qual afirma que a mãe não pode votar, porque, ao digitar o número de seu candidato a governador, aparecia voto nulo.

O juiz, o promotor e o chefe do cartório da zona 415, de São Paulo, no município de Suzano, compareceram à sessão 221, e verificaram o funcionamento regular da urna eletrônica, e a tranquilidade da votação de vários eleitores no local.

A dificuldade inicial ocorreu por causa de algum procedimento inicial por parte da eleitora, tanto que em seguida outras pessoas votaram normalmente na mesma urna”.

Neste sábado e domingo a equipe da Agência Lupa se uniu a outras quatro agências de checagens de notícias no Brasil para checar as mensagens de conteúdo suspeito nesta reta final das eleições. A ideia de juntar forças é para ganhar mais agilidade e aumentar o alcance das checagens. A parceria reúne o Fato ou Fake, Projeto Comprova, Lupa, Boatos.org e E-Farsas.

*Nota: esta reportagem faz parte do projeto de verificação de notícias no Facebook. Dúvidas sobre o projeto? Entre em contato direto com o Facebook.

Editado por: Cristina Tardáguila

O conteúdo produzido pela Lupa é de inteira responsabilidade da agência e não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.

A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos

Esse conteúdo foi útil?

1 2 3 4 5

Você concorda com o resultado desta checagem?

Sim Não

Leia também

SIGNATORY- International Fact-Checking Network
Etiquetas
VERDADEIRO
A informação está comprovadamente correta
VERDADEIRO, MAS
A informação está correta, mas o leitor merece mais explicações
AINDA É CEDO PARA DIZER
A informação pode vir a ser verdadeira. Ainda não é
EXAGERADO
A informação está no caminho correto, mas houve exagero
CONTRADITÓRIO
A informação contradiz outra difundida antes pela mesma fonte
SUBESTIMADO
Os dados são mais graves do que a informação
INSUSTENTÁVEL
Não há dados públicos que comprovem a informação
FALSO
A informação está comprovadamente incorreta
DE OLHO
Etiqueta de monitoramento
Seções
Arquivo