A PRIMEIRA AGÊNCIA DE FACT-CHECKING DO BRASIL

#Verificamos: Jean Wyllys não dirige filme que retrata Jesus como homossexual

Editor | Rio de Janeiro | lupa@lupa.news
20.dez.2018 | 16h22 |

Circula nas redes sociais um texto que “informa” que o deputado federal Jean Wyllys (PSOL-RJ) estaria dirigindo um filme chamado “Corpus Christi”, retratando Jesus e seus discípulos como homossexuais. Por meio do projeto de verificação de notícias, usuários do Facebook solicitaram que esse material fosse analisado. Confira a seguir o trabalho de verificação da Lupa:

“O filme ‘Corpus Christi’ do diretor safado chamado deputado Jean Wyllys (…) está para ser exibido nos cinemas. Com patrocínio da Lei Rouanet. Este filme mostra Jesus e seus discípulos como gays”
Imagem que até as 15h do dia 20 de dezembro de 2018 já tinha cerca de 100 compartilhamentos no Facebook

FALSO

Não existe um filme chamado “Corpus Christi” com a direção do deputado Jean Wyllys. O Versalic, sistema público mantido pelo Ministério da Cultura (MinC) para o acompanhamento da Lei Rouanet, mostra um único projeto envolvendo o deputado. Trata-se do documentário “Tempos de Jean Wyllys”, proposto pela Lente Viva Filmes e descrito como um registro da trajetória de Wyllys. O projeto, no entanto, não foi aprovado e, portanto, não captou nenhum recursos pela Lei Rouanet.

Wyllys não é diretor de cinema. Costuma representar a si próprio em filmes e na televisão, como no caso do Big Brother Brasil e no seriado Gaycation, da atriz canadense Ellen Page.

O boato em torno de “Corpus Christi” pode estar relacionado com uma peça de teatro feita há duas décadas.

Em 1998, o autor americano Terrence McNally montou pela primeira vez seu “Corpus Christi”. Nessa peça, a paixão de Cristo era vivida por um grupo de homens gays no Texas dos dias de hoje. Por seu conteúdo, a obra foi alvo de fortes críticas por parte de conservadores e cristãos, e McNally chegou inclusive a ser ameaçado de morte. A peça nunca foi adaptada para o cinema (embora haja um documentário sobre ela), e Wyllys não tem rigorosamente nada a ver com o assunto.

Ainda vale destacar que esse boato é antigo e já foi verificado, em 2017, pelo site Boatos.org.

*Nota: esta reportagem faz parte do projeto de verificação de notícias no Facebook. Dúvidas sobre o projeto? Entre em contato direto com o Facebook.

Editado por: Cristina Tardáguila

O conteúdo produzido pela Lupa é de inteira responsabilidade da agência e não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.

A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos

Esse conteúdo foi útil?

1 2 3 4 5

Você concorda com o resultado desta checagem?

Sim Não

Leia também

SIGNATORY- International Fact-Checking Network
Etiquetas
VERDADEIRO
A informação está comprovadamente correta
VERDADEIRO, MAS
A informação está correta, mas o leitor merece mais explicações
AINDA É CEDO PARA DIZER
A informação pode vir a ser verdadeira. Ainda não é
EXAGERADO
A informação está no caminho correto, mas houve exagero
CONTRADITÓRIO
A informação contradiz outra difundida antes pela mesma fonte
SUBESTIMADO
Os dados são mais graves do que a informação
INSUSTENTÁVEL
Não há dados públicos que comprovem a informação
FALSO
A informação está comprovadamente incorreta
DE OLHO
Etiqueta de monitoramento
Seções
Arquivo