A PRIMEIRA AGÊNCIA DE FACT-CHECKING DO BRASIL

#Verificamos: Ministro Marco Aurélio Mello, do STF, não tirou foto com Fidel Castro

| Rio de Janeiro | lupa@lupa.news
20.dez.2018 | 15h30 |

Circula nas redes sociais uma foto que supostamente mostra o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Marco Aurélio Mello ao lado de Fidel Castro. Por meio do projeto de verificação de notícias, usuários do Facebook solicitaram que esse material fosse analisado. Confira a seguir o trabalho de verificação da Lupa:

“Juiz Marco Aurélio e seu amigo Fidel…”
Imagem que até as 14h30 do dia 20 de dezembro de 2018 já tinha sido compartilhada mais de 1500 vezes no Facebook

FALSO

A foto analisada pela Lupa é real, mas não mostra Marco Aurélio Mello, ministro do STF. Quem está ao lado do ex-ditador cubano Fidel Castro é o jornalista Ricardo Noblat, que atualmente trabalha na revista Veja. Ele mesmo postou a foto em seu perfil no Twitter na tarde desta quinta-feira (20).

Marco Aurélio Mello está no centro das discussões travadas nas redes sociais desde a última quarta-feira (19) quando concedeu uma liminar que permitiria a presos condenados em segunda instância pedir sua liberdade até que fossem julgados seus últimos recursos. A medida poderia beneficiar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, preso desde abril, mas foi suspensa por outra liminar do presidente do STF, o ministro Dias Toffoli. No texto da decisão, Toffoli reafirma que a discussão sobre a prisão em segunda instância será feita pelo plenário da Corte, no dia 10 de abril de 2019.

Essa não é a primeira vez que a imagem de Noblat ao lado de Fidel Castro viraliza com falsa atribuição. Em julho deste ano, o jornalista foi identificado nas redes sociais como sendo o desembargador Rogério Favreto, do Tribunal Regional Federal da 4ª Região.

No dia 8 daquele mês, Favreto decidiu pela soltura do ex-presidente Lula – algo que também acabou sendo derrubado, naquela vez pelo desembargador Pedro Gebran Neto, relator do processo.

Na ocasião, Noblat também fez comentários sobre o uso indevido de sua foto no Twitter. E o Boatos.org fez verificação semelhante.

*Nota: esta reportagem faz parte do projeto de verificação de notícias no Facebook. Dúvidas sobre o projeto? Entre em contato direto com o Facebook.

Editado por: Cristina Tardáguila

O conteúdo produzido pela Lupa é de inteira responsabilidade da agência e não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.

A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos

Esse conteúdo foi útil?

1 2 3 4 5

Você concorda com o resultado desta checagem?

Sim Não

Leia também

Etiquetas
VERDADEIRO
A informação está comprovadamente correta
VERDADEIRO, MAS
A informação está correta, mas o leitor merece mais explicações
AINDA É CEDO PARA DIZER
A informação pode vir a ser verdadeira. Ainda não é
EXAGERADO
A informação está no caminho correto, mas houve exagero
CONTRADITÓRIO
A informação contradiz outra difundida antes pela mesma fonte
SUBESTIMADO
Os dados são mais graves do que a informação
INSUSTENTÁVEL
Não há dados públicos que comprovem a informação
FALSO
A informação está comprovadamente incorreta
DE OLHO
Etiqueta de monitoramento
Seções
Arquivo