A PRIMEIRA AGÊNCIA DE FACT-CHECKING DO BRASIL

#Verificamos: Homem que aparece em foto com Cesare Battisti não é presidente da OAB

por Maurício Moraes
11.fev.2019 | 16h29 |

Circula nas redes sociais uma imagem que mostra um grupo de parlamentares brasileiros ao lado do italiano Cesare Battisti, condenado à prisão perpétua na Itália sob a acusação de ter cometido quatro assassinatos no final dos anos 1970. A legenda “informa” que o homem de camisa preta que aparece na foto é o presidente nacional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Felipe Santa Cruz. Por meio do projeto de verificação de notícias, usuários do Facebook solicitaram que esse material fosse analisado. Confira a seguir o trabalho de verificação da Lupa:

“O presidente da OAB – de camisa preta atrás – em apoio ao terrorista Battisti! Qual é mesmo o papel da OAB?”
Legenda de imagem que, até as 16 horas do dia 11 de fevereiro de 2019, tinha sido compartilhada mais de 90 vezes no Facebook.

FALSO

A foto que aparece no post foi tirada no dia 17 de novembro de 2009, durante visita de apoio realizada por parlamentares brasileiros a Cesare Battisti no Complexo Penitenciário da Papuda, no Distrito Federal. Na ocasião, o italiano aguardava julgamento de seu pedido de extradição pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

Uma imagem muito semelhante foi feita naquele dia pelo fotógrafo José Cruz, da Agência Brasil. A foto não está mais disponível no site do órgão, mas foi reproduzida por outros portais de notícias e na página do PSOL de São Paulo. As legendas da época citam nominalmente os deputados federais Ivan Valente (PSOL-SP), Chico Alencar (PSOL-RJ) e os senadores José Nery (PSOL-PA) e Eduardo Suplicy (PT-SP), mas não fazem qualquer menção à identidade do homem de camiseta preta. 

No domingo (10), a OAB desmentiu a informação sobre a presença de seu presidente na imagem. Em seu Twitter e em nota oficial, destacou que a pessoa com camisa preta não era Felipe Santa Cruz. Nos dois textos, no entanto, a organização afirmou que o homem na imagem era, “na verdade, o filho do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva”. Procurada pela Lupa na manhã de segunda-feira (11), a assessoria de imprensa da OAB não soube informar qual era a fonte dessa informação.

A Lupa também entrou em contato, por telefone, com as assessorias de imprensa do deputado Ivan Valente e do ex-deputado Chico Alencar e questionou sobre a identidade do homem de camisa preta. Nenhum deles foi capaz de identificar a pessoa. A assessoria de imprensa do Instituto Lula afirmou, por sua vez, que não se trata de nenhum dos quatro filhos de Lula.

Na tarde de segunda-feira, depois de ser questionada pela Lupa, a OAB deletou o post do Twitter e alterou a nota oficial em seu site, removendo a referência ao filho do ex-presidente.

A Lupa voltou a procurar a assessoria de imprensa da entidade, que, por telefone, afirmou ter feito as alterações por não ter confirmação sobre a identidade do homem.

Atualizado às 18h do dia 13 de fevereiro de 2019: O homem na foto é André Vital, ex-diretor de Comunicação da União Nacional dos Estudantes (UNE). Ele publicou foto similar na mesma ocasião em sua conta no Twitter, em 2009.

Após a publicação desta matéria, Vitral se pronunciou sobre a foto.

Nota: esta reportagem faz parte do projeto de verificação de notícias no Facebook. Dúvidas sobre o projeto? Entre em contato direto com o Facebook.

Editado por: Cristina Tardáguila e Chico Marés

O conteúdo produzido pela Lupa é de inteira responsabilidade da agência e não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.

A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos

Esse conteúdo foi útil?

1 2 3 4 5

Você concorda com o resultado desta checagem?

Sim Não

Leia também

Etiquetas
VERDADEIRO
A informação está comprovadamente correta
VERDADEIRO, MAS
A informação está correta, mas o leitor merece mais explicações
AINDA É CEDO PARA DIZER
A informação pode vir a ser verdadeira. Ainda não é
EXAGERADO
A informação está no caminho correto, mas houve exagero
CONTRADITÓRIO
A informação contradiz outra difundida antes pela mesma fonte
SUBESTIMADO
Os dados são mais graves do que a informação
INSUSTENTÁVEL
Não há dados públicos que comprovem a informação
FALSO
A informação está comprovadamente incorreta
DE OLHO
Etiqueta de monitoramento
Seções
Arquivo