A PRIMEIRA AGÊNCIA DE FACT-CHECKING DO BRASIL

Reprodução
Reprodução

#Verificamos: Tem mais de 4 anos foto que mostra caças russos sobrevoando a fronteira do Brasil com a Venezuela

Repórter | Rio de Janeiro | lupa@lupa.news
28.fev.2019 | 16h03 |

Circula nas redes sociais a imagem de dois caças da Força Aérea Bolivariana, da Venezuela, acompanhada de uma legenda que “informa” que as aeronaves sobrevoaram a fronteira com o Brasil recentemente. Por meio do projeto de verificação de notícias, usuários do Facebook solicitaram que esse material fosse analisado. Confira a seguir o trabalho de verificação da Lupa:

Post falso sobre caças venezuelanos

“Caças russos sobrevoando a fronteira com o Brasil. Valha-me Deus”
Legenda de imagem que, até as 14h do dia 28 de fevereiro de 2019, tinha sido compartilhada mais de 2,1 mil vezes no Facebook

FALSO

A foto analisada pela Lupa realmente mostra dois caças fabricados pela empresa russa Sukhoi, modelo Su-30MK2, que fazem parte da Força Aérea da Venezuela. O país vizinho adquiriu 24 dessas aeronaves em 2006. A imagem, no entanto, não é recente. Há registros de seu compartilhamento em fóruns de aviação militar a partir de novembro de 2014. Logo, a informação analisada nesta quinta-feira (28) é falsa.

A assessoria de imprensa da Força Aérea Brasileira (FAB) também afirmou, por telefone, que não houve qualquer invasão do espaço aéreo brasileiro na atual crise da Venezuela. Sempre que uma aeronave não identificada é detectada, aviões da FAB são acionados para fazer uma interceptação. Para vigiar as fronteiras e coibir voos irregulares, como os do narcotráfico, os militares também realizam a Operação Ostium. Uma rede de radares monitora essas áreas, e pilotos ficam de prontidão para decolar sempre que há um alerta.

Verificação semelhante foi publicada no ano passado pelos sites Fato ou Fake e Boatos.org.

Nota: esta reportagem faz parte do projeto de verificação de notícias no Facebook. Dúvidas sobre o projeto? Entre em contato direto com o Facebook.

Editado por: Cristina Tardáguila

O conteúdo produzido pela Lupa é de inteira responsabilidade da agência e não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.

A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos

Esse conteúdo foi útil?

1 2 3 4 5

Você concorda com o resultado desta checagem?

Sim Não

Leia também

Etiquetas
VERDADEIRO
A informação está comprovadamente correta
VERDADEIRO, MAS
A informação está correta, mas o leitor merece mais explicações
AINDA É CEDO PARA DIZER
A informação pode vir a ser verdadeira. Ainda não é
EXAGERADO
A informação está no caminho correto, mas houve exagero
CONTRADITÓRIO
A informação contradiz outra difundida antes pela mesma fonte
SUBESTIMADO
Os dados são mais graves do que a informação
INSUSTENTÁVEL
Não há dados públicos que comprovem a informação
FALSO
A informação está comprovadamente incorreta
DE OLHO
Etiqueta de monitoramento
Seções
Arquivo