A PRIMEIRA AGÊNCIA DE FACT-CHECKING DO BRASIL

#Verificamos: É falsa troca de tuítes entre Bolsonaro e Guaidó sobre “se autoproclamar presidente”

Repórter | Rio de Janeiro | lupa@lupa.news
11.mar.2019 | 17h53 |

Circula nas redes sociais uma suposta troca de tuítes entre o presidente Jair Bolsonaro (PSL) e o autoproclamado presidente interino da Venezuela Juan Guaidó. Nesta conversa, Bolsonaro faz indireta ao ator José de Abreu sobre “se autoproclamar presidente”, mas é respondido de forma crítica pelo venezuelano. Por meio do projeto de verificação de notícias, usuários do Facebook solicitaram que esse material fosse analisado. Confira a seguir o trabalho de verificação da Lupa:

“Se autoproclamar presidente é fácil, quero ver governar. Boa noite a todos!”
Suposto tuíte do presidente Jair Bolsonaro, do dia 8 de março, com mais de 2,4 mil compartilhamentos no Facebook até as 15h do dia 11 de março de 2019

FALSO

O tuíte analisado pela Lupa não foi publicado no perfil oficial de Bolsonaro. No dia 8 de março, data na qual a publicação teria sido feita, ele publicou ou republicou oito conteúdos. Foram quatro tuítes sobre previdência e dois sobre o Dia Internacional da Mulher, um retuíte de um conteúdo publicado por página do próprio governo sobre parcerias público-privadas e “um abraço” ao deputado federal Vinícius Poit (Novo-SP).

É possível constatar, também, que Bolsonaro tampouco apagou qualquer publicação deste dia. O perfil do twitter Desbloqueando JB, que replica automaticamente todas as publicações do presidente (e mantém no ar quando apagadas), não mostra outros tuítes além dos citados. O mesmo vale para a ferramenta Tweets de Bolso, do site Aos Fatos, que compila publicações do presidente – incluindo conteúdos que, posteriormente, podem ser apagados.


“Um chefe de estado não exerce a democracia pelo Twitter”
Suposto tuíte do autodeclarado presidente interino da Venezuela Juan Guaidó, do dia 8 de março, com mais de 2,4 mil compartilhamentos no Facebook até as 15h do dia 11 de março de 2019

FALSO

O tuíte de Guaidó também é falso. No dia 8 de março, ele tuitou nove vezes, mas em nenhuma ocasião falou sobre Bolsonaro ou sobre o Brasil. Além disso, na imagem analisada pela Lupa, a publicação do venezuelano aparece como resposta ao tuíte do presidente brasileiro – que, como mostrado acima, não existiu.

Segundo a busca avançada do Twitter, as duas contas nunca interagiram diretamente – ou seja, respondendo uma a outra.

Entretanto, os dois políticos já mencionaram um ao outro na rede social. Bolsonaro mencionou Guaidó em uma ocasião, em 20 de fevereiro, falando sobre entrega de ajuda humanitária. Já o venezuelano mencionou o presidente brasileiro em três ocasiões, todas elas de forma positiva.

Essa informação também foi verificada pelo site Boatos.org.

Nota: esta reportagem faz parte do projeto de verificação de notícias no Facebook. Dúvidas sobre o projeto? Entre em contato direto com o Facebook.

Editado por: Nathália Afonso

O conteúdo produzido pela Lupa é de inteira responsabilidade da agência e não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.

A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos

Esse conteúdo foi útil?

1 2 3 4 5

Você concorda com o resultado desta checagem?

Sim Não

Leia também

Etiquetas
VERDADEIRO
A informação está comprovadamente correta
VERDADEIRO, MAS
A informação está correta, mas o leitor merece mais explicações
AINDA É CEDO PARA DIZER
A informação pode vir a ser verdadeira. Ainda não é
EXAGERADO
A informação está no caminho correto, mas houve exagero
CONTRADITÓRIO
A informação contradiz outra difundida antes pela mesma fonte
SUBESTIMADO
Os dados são mais graves do que a informação
INSUSTENTÁVEL
Não há dados públicos que comprovem a informação
FALSO
A informação está comprovadamente incorreta
DE OLHO
Etiqueta de monitoramento
Seções
Arquivo