A PRIMEIRA AGÊNCIA DE FACT-CHECKING DO BRASIL

#Verificamos: É falso que vídeo explícito postado por Bolsonaro tenha sido gravado no exterior

por Chico Marés
14.mar.2019 | 16h13 |

Circula nas redes sociais a “informação” de que uma perícia teria descoberto que o vídeo de conteúdo explícito publicado pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL) no carnaval deste ano teria sido gravado no exterior. Por meio do projeto de verificação de notícias, usuários do Facebook solicitaram que esse material fosse analisado. Confira a seguir o trabalho de verificação da Lupa:

“A perícia mostrou que o vídeo que o Bozo (sic) postou é americano!”
Imagem e que, até as 13h30 do dia 14 de março, já tinha sido compartilhada mais de 290 vezes no Facebook

FALSO

A frase que consta na postagem analisada pela Lupa é falsa. O vídeo de conteúdo explícito que o presidente Jair Bolsonaro (PSL) publicou no dia 6 de março de 2019 foi gravado em São Paulo, durante o desfile do bloco de carnaval BloCU. Voltado para o público LGBT, o BloCU desfilou na região da Praça da Sé dois dias antes do tuíte do presidente.

Há fartas evidências que atestam isso. Os dois protagonistas do vídeo foram entrevistados pelo jornal Folha de S.Paulo, e disseram que aquele foi “um ato contra o conservadorismo e contra a colonização dos nossos corpos e nossas práticas sexuais”.

A organização do BloCU também publicou nota depois da divulgação da gravação, criticando o presidente por usar “um fato isolado” do carnaval “na tentativa de incitar o ódio à comunidade LGBT+”. 

O vídeo em questão, divulgado por Bolsonaro durante o carnaval, tem cerca de 40 segundos. Nele, um homem urina na nuca de outro durante performance em cima de um ponto de táxi.

Nota: esta reportagem faz parte do projeto de verificação de notícias no Facebook. Dúvidas sobre o projeto? Entre em contato direto com o Facebook.

Editado por: Clara Becker

O conteúdo produzido pela Lupa é de inteira responsabilidade da agência e não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.

A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos

Esse conteúdo foi útil?

1 2 3 4 5

Você concorda com o resultado desta checagem?

Sim Não

Leia também

Etiquetas
VERDADEIRO
A informação está comprovadamente correta
VERDADEIRO, MAS
A informação está correta, mas o leitor merece mais explicações
AINDA É CEDO PARA DIZER
A informação pode vir a ser verdadeira. Ainda não é
EXAGERADO
A informação está no caminho correto, mas houve exagero
CONTRADITÓRIO
A informação contradiz outra difundida antes pela mesma fonte
SUBESTIMADO
Os dados são mais graves do que a informação
INSUSTENTÁVEL
Não há dados públicos que comprovem a informação
FALSO
A informação está comprovadamente incorreta
DE OLHO
Etiqueta de monitoramento
Seções
Arquivo