A PRIMEIRA AGÊNCIA DE FACT-CHECKING DO BRASIL

Imagem: Isaac Avila Rodriguez/IFCN
Imagem: Isaac Avila Rodriguez/IFCN

LupaEducação chega à pós-graduação, em curso oferecido pela Universidade Católica de Pernambuco

Fundadora | Rio de Janeiro | lupa@lupa.news
04.abr.2019 | 07h00 |

Em 2019, o LupaEducação mostra sua capacidade de atingir todos os públicos e, depois de passar por escolas do ensino médio e cursos de graduação, se enraíza na pós-graduação. Estão abertas – até o dia 13 de abril – as inscrições para o curso “Jornalismo Independente: Produção de Conteúdos e Gestão Financeira”, da Universidade Católica de Pernambuco. O LupaEducação assina um dos 12 módulos da pós e estará em Recife ao longo do ano para solidificar sua liderança no mercado de news literacy. O anúncio faz parte das comemorações do Dia Internacional da Checagem (#FactCheckingDay).

“Escolhemos a Lupa não apenas pelo pioneirismo de ser a primeira agência de fact-checking do Brasil, mas pela excelência nos conteúdos, na gestão e pela grande contribuição que vem dando na consolidação do jornalismo independente no Brasil”, afirmou Carol Monteiro, coordenadora do curso.

A equipe do LupaEducação oferecerá um módulo de 15 horas, focado em fact-checking e empreendedorismo. Nas aulas – que se dividirão entre uma sexta-feira e um sábado, conforme o planejamento do curso – o foco será a história desse tipo de jornalismo que se dedica a verificar o grau de veracidade de conteúdos e o que é preciso ter e fazer para enveredar na criação de uma plataforma de checagem.

“Haverá espaço para muito debate – do jeito que nós, aqui da Lupa gostamos. O fact-checking surgiu, da forma como se pratica hoje, na década de 1990, nos Estados Unidos. Chegou ao Brasil em 2014. E só agora, em 2019, está ganhando robustez”, disse Cristina Tardáguila, fundadora da Lupa. “Assim sendo, é algo em construção. Um terreno sobre o qual ainda há muito o que debater”.

De acordo com a universidade, o curso presencial “Jornalismo Independente: Produção de Conteúdos e Gestão Financeira” tem como foco os profissionais que estão interessados em conceber realizar e gerir negócios jornalísticos pautados na inovação. A iniciativa terá 14 meses de duração (360 horas) com turmas das 16h às 22h nas sextas-feiras e em jornada de 9h às 17h (com pausa para almoço) aos sábados. Sempre de quinze em quinze dias.

A estrutura curricular está organizada em 12 módulos, divididos em três grandes eixos.

1- Concepção de projetos: a partir de uma reflexão sobre o jornalismo contemporâneo e das iniciativas já existentes no campo;

2- Execução de ideias: a partir tanto do exercício da reportagem em profundidade e das novas possibilidades narrativas como análise e visualização de dados e produção de conteúdo audiovisual;

3- Gestão de projetos, com módulos sobre inovação nas organizações, gestão financeira e de marketing, e contabilidade e planejamento.

Inscreva-se aqui.

Editado por: Gilberto Scofield Jr.

O conteúdo produzido pela Lupa é de inteira responsabilidade da agência e não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.

A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos

Esse conteúdo foi útil?

1 2 3 4 5

Você concorda com o resultado desta checagem?

Sim Não

Leia também

SIGNATORY- International Fact-Checking Network
Etiquetas
VERDADEIRO
A informação está comprovadamente correta
VERDADEIRO, MAS
A informação está correta, mas o leitor merece mais explicações
AINDA É CEDO PARA DIZER
A informação pode vir a ser verdadeira. Ainda não é
EXAGERADO
A informação está no caminho correto, mas houve exagero
CONTRADITÓRIO
A informação contradiz outra difundida antes pela mesma fonte
SUBESTIMADO
Os dados são mais graves do que a informação
INSUSTENTÁVEL
Não há dados públicos que comprovem a informação
FALSO
A informação está comprovadamente incorreta
DE OLHO
Etiqueta de monitoramento
Seções
Arquivo