A PRIMEIRA AGÊNCIA DE FACT-CHECKING DO BRASIL

Foto: Deb Nystrom / Flickr
Foto: Deb Nystrom / Flickr

#Verificamos: As notícias falsas em torno do incêndio da Catedral de Notre Dame

| Rio de Janeiro | lupa@lupa.news
16.abr.2019 | 12h52 |

Com os checadores do FactcheckEU*

E aconteceu novamente. Junto com os eventos que provocam comoção, vêm as notícias falsas. O fogo que consumiu o telhado e fez ruir parte da Catedral de Notre Dame em Paris na tarde da segunda-feira (15) já está rodeado de informações falsas. Para fazer frente à desinformação, ao longo das últimas horas, os checadores profissionais – sobretudo da Europa – trabalham em conjunto e vêm publicando na plataforma FactcheckEU uma série de verificações sobre o caso. Veja a seguir algumas delas, traduzidas pela Agência Lupa. (Esta página poderá ser atualizada nas próximas horas):

“O incêndio de Notre Dame foi intencional. Foi um ataque terrorista”
Frase extraída do tuíte de um colunista da revista Time e de uma postagem do Infowars

FALSO

A informação foi verificada pelos espanhóis do Maldito Bulo, que, em sua conclusão, publicada na manhã desta terça-feira (16), afirmaram que a causa do incêndio em Notre Dame ainda não havia sido determinada. O que se sabe até agora é que, na coletiva de imprensa concedida hoje, o Ministério Público francês anunciou a abertura de uma investigação para apurar a “destruição involuntária [da catedral] por incêndio” e também descartou que o caso seja “um ato voluntário”, criminoso.

Um tuíte de Christopher J. Haler, colunista da revista Time, fez com que essas hipóteses ganhassem proporção nas redes sociais. Ontem, em meio à comoção, o jornalista postou o seguinte tuíte: “Um amigo jesuíta que está em Paris e trabalha na #NotreDame me falou que os funcionários da catedral disseram que o incêndio era proposital”. Num segundo tuíte, Hale continuou: “Alerto, no entanto, que ele não tem nenhuma evidência para suportar o que a equipe lhe disse. Tratem essa informação apenas como um rumor”.

Mas o alerta do jornalista não foi suficiente. O site InfoWars publicou um artigo a partir de suas postagens e, em seguida, o deletou. Outros textos surgiram depois disso, sugerindo um atentado terrorista.


“Foram achados tanques de gás e documentos em árabe perto da Catedral de Notre Dame”
Frase extraída de postagens que circulam nas redes sociais com artigo do The Telegraph

FALSO

Esta informação também foi verificada pelos espanhóis do Maldito Bulo, na manhã desta terça-feira (16). Circulam nas redes sociais posts de um artigo que foi publicado pelo jornal The Telegraph com o título “Tanques de gás e documentos em árabe são encontrados em um carro perto da catedral de Notre Dame e provocam pânico” (Gas tanks and Arabic documents found in unmarked car by Paris’ Notre-Dame cathedral spark terror fears”, em inglês). A publicação, no entanto, data de 2016. Não tem qualquer relação com o incêndio da segunda-feira (15). O Telegraph inclusive já adicionou uma nota ao artigo antigo para evidenciar a diferença de datas.


“É a segunda vez que a Catedral de Notre Dame pega fogo”
Frase que circula no Twitter associada a fotografia histórica

FALSO

Esta informação foi verificada pelos franceses do 20 Minutes, na manhã desta terça-feira (16). Circula na internet um tuíte que “informa” que a Catedral de Notre Dame foi bombardeada durante a Primeira Guerra Mundial. A informação é falsa. A foto que acompanha a postagem mostra a Catedral de Reims.


“Apesar de parecer falsa, foto que mostra Notre Dame em chamas e Torre Eiffel grande ao fundo é real”
Foto postada no Facebook pela página A.G Photographie

VERDADEIRO

Os franceses do Checknews analisaram, nesta terça-feira (16), a imagem publicada no Facebook pela página A.G. Photographie, que mostra a Catedral de Notre Dame em chamas com a Torre Eiffel ao fundo, e concluíram que não se trata de uma montagem. Eles entrevistaram o fotógrafo responsável pelo registro e informam que se trata de uma questão de perspectiva e do material utilizado pelo profissional. A foto foi tirada de uma grande distância, com uma teleobjetiva – tipo de lente capaz de aproximar o que está longe.


“Tinha um [manifestante] colete amarelo em uma das torres da Catedral Notre Dame”
Vídeo que circula nas redes sociais

FALSO

Esta informação foi verificada pelos franceses do CheckNews, nesta terça-feira (16). Circula na internet o vídeo de um homem andando na torre sul da Catedral de Notre Dame acompanhado da informação de que se trata de um “colete amarelo” ou de um “muçulmano”.

Trata-se, na verdade, de um bombeiro que já estava trabalhando no interior da catedral em chamas, segundo confirmou a plataforma de checagem do jornal Libération. É possível ver isso num vídeo, de boa qualidade, publicado pela CNBC (aos 42 minutos).

*FactcheckEU é um projeto independente, criado a partir do trabalho do jornal Libération e do Datagif graças a um apoio de US$ 50 mil recebido do Poynter Institute. A iniciativa reúne 19 meios de comunicação especializados em checagem de fatos de 13 países europeus. Saiba mais sobre o projeto aqui.

**Esta coluna foi publicada pelo UOL no dia 16 de abril de 2019.

Editado por: Equipe Lupa

O conteúdo produzido pela Lupa é de inteira responsabilidade da agência e não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.

A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos

Esse conteúdo foi útil?

1 2 3 4 5

Você concorda com o resultado desta checagem?

Sim Não

Leia também

Etiquetas
VERDADEIRO
A informação está comprovadamente correta
VERDADEIRO, MAS
A informação está correta, mas o leitor merece mais explicações
AINDA É CEDO PARA DIZER
A informação pode vir a ser verdadeira. Ainda não é
EXAGERADO
A informação está no caminho correto, mas houve exagero
CONTRADITÓRIO
A informação contradiz outra difundida antes pela mesma fonte
SUBESTIMADO
Os dados são mais graves do que a informação
INSUSTENTÁVEL
Não há dados públicos que comprovem a informação
FALSO
A informação está comprovadamente incorreta
DE OLHO
Etiqueta de monitoramento
Seções
Arquivo