A PRIMEIRA AGÊNCIA DE FACT-CHECKING DO BRASIL

#Verificamos: WikiLeaks não revela que Globo repassou apenas 10% do Criança Esperança à Unesco

Repórter | Rio de Janeiro | lupa@lupa.news
26.abr.2019 | 10h39 |

Circula no Facebook a “informação” de que um documento do WikiLeaks teria revelado que a TV Globo repassou à Unesco apenas 10% do que arrecadou com o projeto Criança Esperança.  Por meio do projeto de verificação de notícias, usuários do Facebook solicitaram que esse material fosse analisado. Confira a seguir o trabalho de verificação da Lupa:


“Documento do Wikileaks revela que Globo repassou à Unesco apenas 10% do que arrecadou com o Criança Esperança”

Publicação que, até as 17h do dia 25 de abril, tinha sido compartilhada mais de 8,2 mil vezes no Facebook

FALSO

A informação analisada pela Lupa é falsa. Em nota, a agência das Nações Unidas esclareceu que “as doações para o Criança Esperança são diretamente depositadas em conta administrada pela Unesco, que destina esses recursos única e exclusivamente para projetos sociais implementados no Brasil”. Portanto, nenhuma doação do Criança Esperança passa pela emissora.

Essa acusação envolvendo a Globo e o Criança Esperança circula desde ao menos 2016 quando foi desmentida pelo Boatos.org. Ela tem origem em uma interpretação errada de uma das mensagens do Cablegate, o megavazamento de 251.287 documentos das embaixadas dos Estados Unidos em todo o mundo feito pelo WikiLeaks no início da década.

Um deles, de 15 de setembro de 2006, diz que um dos principais assuntos sendo analisados é a destinação feita do dinheiro arrecadado pela TV Globo para o Criança Esperança pelo escritório da Unesco em Brasília. Segundo o texto, teriam sido obtidos US$ 40 milhões ao longo de 20 anos, dos quais a Unesco teria ficado com 10%, por conta de uma “taxa de serviço”. Não há, contudo, nenhuma acusação de irregularidade contra a emissora.


“A Globo sonega R$ 600 milhões e usa as crianças para te pedir dinheiro e aumentar as isenções de Imposto de Renda”

Publicação que, até as 17h do dia 25 de abril, tinha sido compartilhada mais de 8,2 mil vezes no Facebook

FALSO

O valor citado na corrente sobre sonegação de impostos pela Globo está errado. A empresa foi multada em R$ 274 milhões pela Receita Federal em 2006, por conta de manobras contábeis feitas na aquisição dos direitos da Copa do Mundo de 2002. Segundo documentos do processo, a Globo devia R$ 183 milhões ao Imposto de Renda. As duas quantias somam R$ 457 milhões. No entanto, a Globo afirma que o processo já foi encerrado e o débito, pago.  

Checagem semelhante foi feita pelo Truco, da Agência Pública.  

Nota: esta reportagem faz parte do projeto de verificação de notícias no Facebook. Dúvidas sobre o projeto? Entre em contato direto com o Facebook.

Editado por: Maurício Moraes

O conteúdo produzido pela Lupa é de inteira responsabilidade da agência e não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.

A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos

Esse conteúdo foi útil?

1 2 3 4 5

Você concorda com o resultado desta checagem?

Sim Não

Leia também

Etiquetas
VERDADEIRO
A informação está comprovadamente correta
VERDADEIRO, MAS
A informação está correta, mas o leitor merece mais explicações
AINDA É CEDO PARA DIZER
A informação pode vir a ser verdadeira. Ainda não é
EXAGERADO
A informação está no caminho correto, mas houve exagero
CONTRADITÓRIO
A informação contradiz outra difundida antes pela mesma fonte
SUBESTIMADO
Os dados são mais graves do que a informação
INSUSTENTÁVEL
Não há dados públicos que comprovem a informação
FALSO
A informação está comprovadamente incorreta
DE OLHO
Etiqueta de monitoramento
Seções
Arquivo