A PRIMEIRA AGÊNCIA DE FACT-CHECKING DO BRASIL

#Verificamos: É falso que asfaltamento de trecho da BR-163 foi feito por Bolsonaro

Repórter | Rio de Janeiro | lupa@lupa.news
13.maio.2019 | 14h51 |

Circula nas redes sociais um vídeo com uma reportagem que mostra a duplicação de um trecho da BR-163, rodovia federal usada para o escoamento da produção agrícola do Centro-Oeste. Uma legenda afirma que a obra está sendo feita pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL) após 30 anos, “com cimento de primeira qualidade”. Por meio do projeto de verificação de notícias, usuários do Facebook solicitaram que esse material fosse analisado. Confira a seguir o trabalho de verificação da Lupa:


“Maravilha!!! BR-163 sem asfalto há 30 anos. Agora Bolsonaro está fazendo com cimento de primeira qualidade”

Legenda de vídeo que, até as 14h30 do dia 13 de maio de 2019, tinha mais de 21 mil compartilhamentos no Facebook e mais de 612 mil visualizações

FALSO

A informação verificada pela Lupa é falsa. A duplicação do trecho citado no vídeo, entre Cuiabá e a Serra de São Vicente, no Mato Grosso, não foi feita pelo governo Bolsonaro. A obra na rodovia começou em 2014, ainda no governo de Dilma Rousseff (PT) e foi parcialmente concluída em dezembro do ano passado, no governo de Michel Temer (MDB), pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit).

A gravação que circula no Facebook foi feita pelo programa de TV Domingão do Caminhão, exibido em uma emissora local em Mato Grosso. O apresentador, conhecido como Baixinho do Caminhão, mostra alguns dos trechos da obra ainda sendo executados. O vídeo original foi enviado para o YouTube em 23 de outubro de 2016. Logo no início, contudo, o apresentador diz que as imagens foram registradas “numa quarta-feira, dia das crianças”, ou seja, em 12 de outubro daquele ano. A duplicação usou pavimento de concreto.

Uma checagem semelhante foi feita anteriormente pelo site Fato ou Fake.

Nota: esta reportagem faz parte do projeto de verificação de notícias no Facebook. Dúvidas sobre o projeto? Entre em contato direto com o Facebook

Editado por: Natália Leal

O conteúdo produzido pela Lupa é de inteira responsabilidade da agência e não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.

A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos

Esse conteúdo foi útil?

1 2 3 4 5

Você concorda com o resultado desta checagem?

Sim Não

Leia também

Etiquetas
VERDADEIRO
A informação está comprovadamente correta
VERDADEIRO, MAS
A informação está correta, mas o leitor merece mais explicações
AINDA É CEDO PARA DIZER
A informação pode vir a ser verdadeira. Ainda não é
EXAGERADO
A informação está no caminho correto, mas houve exagero
CONTRADITÓRIO
A informação contradiz outra difundida antes pela mesma fonte
SUBESTIMADO
Os dados são mais graves do que a informação
INSUSTENTÁVEL
Não há dados públicos que comprovem a informação
FALSO
A informação está comprovadamente incorreta
DE OLHO
Etiqueta de monitoramento
Seções
Arquivo