A PRIMEIRA AGÊNCIA DE FACT-CHECKING DO BRASIL

#Verificamos: É falso que porto de Mariel foi vendido a russos e americanos

Repórter | Rio de Janeiro | lupa@lupa.news
09.ago.2019 | 20h20 |

Voltou a circular nas redes sociais conteúdo que afirma que o porto de Mariel, em Cuba, foi vendido aos Estados Unidos e à Rússia. Por meio do projeto de verificação de notícias, usuários do Facebook solicitaram que esse material fosse analisado. Confira a seguir o trabalho de verificação da Lupa:

“Cuba passou a perna e revendeu porto feito com dinheiro do povo brasileiro para EUA e Rússia”
Conteúdo publicado pelo site Folha Centro Sul que, nas últimas 24 horas, foi compartilhado por mais de 7 mil pessoas no Facebook

FALSO

O porto de Mariel não foi vendido nem para os Estados Unidos, nem para a Rússia. A estrutura, inaugurada em janeiro de 2014, continua sendo propriedade do estado cubano. No passado, o interesse dos russos no porto chegou a ser especulado, especialmente após o cancelamento de 90% da dívida cubana com Moscou – decisão tomada em 2014. Entretanto, isso nunca se concretizou.

Entre 2009 e 2013, o BNDES financiou cinco projetos de engenharia da Odebrecht para as obras na região, somando um total de US$ 682 milhões. O porto está na Zona Especial de Desenvolvimento de Mariel, com regras diferentes do resto do país para a instalação de empresas. Há 16 empresas operando no local e outras 23 com planos de investimento já aprovados

O conteúdo analisado pela Lupa foi publicado em julho de 2014, mas voltou a circular nos últimos dias. As informações foram parcialmente copiadas da Coluna Esplanada. O texto, porém, não diz que o porto foi revendido, como afirma o título, mas sim que Vladimir Putin, presidente da Rússia, teria dito ao então presidente de Cuba, Raúl Castro, que tinha interesse no terminal. 

A coluna, por sua vez, credita essa informação ao jornalista Marcelo Rech, do site InfoRel, especializado em Relações Internacionais. No único texto sobre o assunto que está atualmente no site, Rech menciona apenas que Putin teria “especial interesse” em Mariel, sem especificar detalhes.

Nota: esta reportagem faz parte do projeto de verificação de notícias no Facebook. Dúvidas sobre o projeto? Entre em contato direto com o Facebook

Editado por: Natália Leal

O conteúdo produzido pela Lupa é de inteira responsabilidade da agência e não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.

A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos

Esse conteúdo foi útil?

1 2 3 4 5

Você concorda com o resultado desta checagem?

Sim Não

Leia também

Etiquetas
VERDADEIRO
A informação está comprovadamente correta
VERDADEIRO, MAS
A informação está correta, mas o leitor merece mais explicações
AINDA É CEDO PARA DIZER
A informação pode vir a ser verdadeira. Ainda não é
EXAGERADO
A informação está no caminho correto, mas houve exagero
CONTRADITÓRIO
A informação contradiz outra difundida antes pela mesma fonte
SUBESTIMADO
Os dados são mais graves do que a informação
INSUSTENTÁVEL
Não há dados públicos que comprovem a informação
FALSO
A informação está comprovadamente incorreta
DE OLHO
Etiqueta de monitoramento
Seções
Arquivo