A PRIMEIRA AGÊNCIA DE FACT-CHECKING DO BRASIL

Imagens compartilhadas por famosos sobre Amazônia são antigas ou de outros lugares

Rio de Janeiro | lupa@lupa.news
23.ago.2019 | 10h00 |

A comoção internacional com as queimadas na Floresta Amazônica gerou uma nova onda de desinformação nesta semana. Nesta quinta-feira (22), celebridades nacionais e internacionais compartilharam fotografias e vídeos com a hashtag #PrayForAmazonia, para demonstrar seu apoio à campanha que tenta pressionar o governo brasileiro a garantir a preservação da floresta. Mas algumas das imagens que mais aparecem nas contas dos famosos em redes sociais não são atuais, ou nem mesmo foram feitas na Amazônia. Até o presidente francês, Emmanuel Macron, espalhou em seu Twitter e no Instagram uma fotografia antiga. 

A Lupa checou a origem de algumas das publicações que mais mobilizaram em redes sociais. Veja:

 

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Cristiano Ronaldo (@cristiano) em

FALSO

A imagem publicada por Cristiano Ronaldo é antiga e não foi registrada na Amazônia. A foto é de 27 de março de 2013, e foi tirada pelo fotógrafo brasileiro Lauro Alves na Estação Ecológica do Taim, no sul do Rio Grande do Sul. Apenas no Instagram do jogador português a foto tem mais de 6,5 milhões de curtidas.


 

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Gisele Bündchen (@gisele) em

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Emmanuel Macron (@emmanuelmacron) em

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Leonardo DiCaprio (@leonardodicaprio) em

FALSO

A imagem é uma das mais compartilhadas com a hashtag #PrayForAmazonia no Twitter e no Instagram. Mas ela não foi feita nas queimadas dos últimos dias, mas sim em 1989, pelo fotojornalista americano Loren McIntyre, falecido em 2003. A fotografia está disponível no banco de imagens pago Alamy e já aparecia em publicações na internet desde, pelo menos, 2013.

No Instagram de Gisele, o álbum que contém a imagem foi curtido 431 mil vezes. A publicação de DiCaprio teve mais de 3,5 milhões de curtidas. Já a de Macron ultrapassou 107 mil curtidas. No Twitter, a foto publicada pelo presidente francês em dois posts teve mais de 20 mil compartilhamentos e 51 mil curtidas até a noite desta quinta-feira.


 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Xavier Dolan (@xavierdolan) em

FALSO

A foto publicada pelo ator canadense Xavier Dolan não foi registrada neste ano na Amazônia. Ela foi tirada pelo fotógrafo Mario Tama em novembro de 2014, durante uma queimada da Amazônia. A imagem está disponível no banco de imagens da agência internacional Getty Images. 


 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Fernanda Lima (@fernandalimaoficial) em

FALSO

A apresentadora Fernanda Lima publicou a foto de uma macaca com um filhote nos braços junto a uma série de outras imagens. Até a noite desta quinta, a galeria tinha mais de 60 mil curtidas.

Mas o registro é da Índia, de 2017, feito pelo fotógrafo profissional Avinash Lodhi. Ele viu a cena quando retratava um bando de macacos em Jabalpur, região central do país. Em entrevista para o site iChowk e também em sua conta no Facebook, Lodhi contou que o filhote ficou inconsciente e foi logo acolhido pela mãe, que fez uma expressão de dor. O clique ocorreu nesse instante. Minutos depois, o macaco acordou. 


 

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Madonna (@madonna) em

FALSO

A foto publicada no Instagram e no Twitter pela cantora Madonna foi tirada em 1989, e está disponível no banco de imagem Shutterstock – o autor, porém, não é identificado. Em 2007, essa mesma foto foi usada em uma matéria do site inglês The Guardian que traçava a linha do tempo do desmatamento no bioma. A publicação de Madonna no Instagram teve 190 mil curtidas. Já no Twitter, foram 11,7 mil curtidas e quase 4 mil compartilhamentos.


 

 

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por João Vicente De Castro 🐺 (@joaovicente27) em

FALSO

O ator João Vicente também compartilhou um álbum de imagens no Instagram com fotos que seriam da Amazônia. Uma delas é uma montagem que mostra quatro animais – mortos ou fugindo das chamas. Nenhuma das fotografias, no entanto, é da floresta ou de agora. 

A que mostra um animal fugindo de um campo em chamas foi feita pelo fotógrafo Silva Júnior, da Folhapress, em 17 de agosto de 2011, durante uma queimada em canavial em Sertãozinho, no interior de São Paulo. Já a foto da onça pintada ferida circulava na internet já em 2016, em uma montagem. A imagem com um tamanduá morto em um campo queimado foi tirada em uma fazenda de Presidente Venceslau, no interior de São Paulo. Por último, a foto em que o bombeiro dá água para um tatu em um campo devastado foi tirada em 17 de agosto 2019 em um incêndio em uma fazenda no Mato Grosso.

Editado por: Natália Leal

O conteúdo produzido pela Lupa é de inteira responsabilidade da agência e não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.

A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos

Esse conteúdo foi útil?

1 2 3 4 5

Você concorda com o resultado desta checagem?

Sim Não

Leia também

Etiquetas
VERDADEIRO
A informação está comprovadamente correta
VERDADEIRO, MAS
A informação está correta, mas o leitor merece mais explicações
AINDA É CEDO PARA DIZER
A informação pode vir a ser verdadeira. Ainda não é
EXAGERADO
A informação está no caminho correto, mas houve exagero
CONTRADITÓRIO
A informação contradiz outra difundida antes pela mesma fonte
SUBESTIMADO
Os dados são mais graves do que a informação
INSUSTENTÁVEL
Não há dados públicos que comprovem a informação
FALSO
A informação está comprovadamente incorreta
DE OLHO
Etiqueta de monitoramento
Seções
Arquivo