A PRIMEIRA AGÊNCIA DE FACT-CHECKING DO BRASIL

#Verificamos: É falso que revista Charlie Hebdo publicou capa satirizando Bolsonaro

Repórter | Rio de Janeiro | lupa@lupa.news
23.ago.2019 | 17h25 |

Circula pelas redes sociais um post com a imagem de uma capa da revista satírica francesa Charlie Hebdo. Uma charge mostra o presidente Jair Bolsonaro (PSL) vestido como Adolf Hitler, ao lado de vários patos de uniforme verde, fazendo o gesto de saudação nazista. Um texto acompanha a ilustração: “O renascimento do nazismo. O ‘líder’ Bolsonaro quer o Brasil acima de tudo”. Por meio do projeto de verificação de notícias, usuários do Facebook solicitaram que esse material fosse analisado. Confira a seguir o trabalho de verificação da Lupa:

“Uma charge do jornal satírico francês mostrando a imagem do nosso presidente e seus eleitores para o mundo”

Legenda de post que, até as 15h de 23 de agosto, tinha mais de 4,8 mil compartilhamentos no Facebook

FALSO

A informação, analisada pela Lupa, é falsa. Um ilustrador brasileiro, Beto Cartuns, desenhou a charge, e publicou o desenho no Twitter em 1º de novembro de 2018 – dias após a vitória de Bolsonaro no segundo turno das eleições. O original vem acompanhado da legenda “A Onda”, numa referência a um filme alemão de 2008 sobre um professor que ensina o fascismo aos alunos por meio de uma experiência prática.

Em seu Facebook, Beto Cartuns publicou um post em que afirma ser o autor da imagem e diz que a capa da revista é falsa. “Está circulando uma capa fake do Charlie Hebdo com minha charge. Quem souber a origem disso, avisa aí! Abraços”, diz o post. 

A capa falsa apareceu pela primeira vez em um post de 10 de novembro de 2018 publicado no blog Novas Pensatas. O texto, no entanto, deixa claro que se trata de uma montagem – o que não ocorre com o post que circula atualmente nas redes sociais.

A capa mais recente da Charlie Hebdo (edição 1.413, de 21 de agosto), não traz qualquer referência a Bolsonaro. Há uma charge com o ator Gerard Depardieu e o escritor Michel Houellebecq, por conta do documentário Thalasso, que estreou recentemente. O filme mostra o encontro das duas figuras controversas em um spa.

Uma versão desta checagem foi publicada pelos sites Fato ou Fake e Estadão Verifica

Nota: esta reportagem faz parte do projeto de verificação de notícias no Facebook. Dúvidas sobre o projeto? Entre em contato direto com o Facebook

Editado por: Chico Marés

O conteúdo produzido pela Lupa é de inteira responsabilidade da agência e não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.

A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos

Esse conteúdo foi útil?

1 2 3 4 5

Você concorda com o resultado desta checagem?

Sim Não

Leia também

Etiquetas
VERDADEIRO
A informação está comprovadamente correta
VERDADEIRO, MAS
A informação está correta, mas o leitor merece mais explicações
AINDA É CEDO PARA DIZER
A informação pode vir a ser verdadeira. Ainda não é
EXAGERADO
A informação está no caminho correto, mas houve exagero
CONTRADITÓRIO
A informação contradiz outra difundida antes pela mesma fonte
SUBESTIMADO
Os dados são mais graves do que a informação
INSUSTENTÁVEL
Não há dados públicos que comprovem a informação
FALSO
A informação está comprovadamente incorreta
DE OLHO
Etiqueta de monitoramento
Seções
Arquivo