A PRIMEIRA AGÊNCIA DE FACT-CHECKING DO BRASIL

#Verificamos: Texto com defesa de Bolsonaro não foi escrito por Alexandre Garcia

Repórter | Rio de Janeiro | lupa@lupa.news
26.ago.2019 | 19h18 |

Circula pelas redes sociais um texto que defende o presidente Jair Bolsonaro (PSL), atribuído ao jornalista Alexandre Garcia. O autor do texto diz que nunca viu um ocupante do Palácio do Planalto ser tão examinado, “humilhado pela mídia até a desgraça, caluniado, ridicularizado, insultado, ameaçado de morte”. Por meio do projeto de verificação de notícias, usuários do Facebook solicitaram que esse material fosse analisado. Confira a seguir o trabalho de verificação da Lupa:

“Já sobrevivi a 08 eleições presidenciais no Brasil antes de nosso atual presidente Bolsonaro (…)”
Trecho de texto atribuído ao jornalista Alexandre Garcia que, até as 17h30 de 26 de agosto de 2019, tinha mais de 26 mil compartilhamentos no Facebook

FALSO

O texto analisado pela Lupa, que circula na internet desde o início desse ano, não é do jornalista Alexandre Garcia. Ele desmentiu ser o autor da mensagem em mais de uma ocasião. A primeira versão do post era mais extensa e começava com a frase “Eu não peço desculpas pelo que estou postando, pois é realmente assim como me sinto”. Recentemente, esse trecho foi cortado. 

Garcia desmentiu a autoria da versão mais longa da publicação em 15 de março, no seu perfil no Twitter. Ele preferiu não replicar o texto completo, para não propagar ainda mais a publicação.

O jornalista também escolheu o dia 1º de abril para dizer que estava sendo vítima de uma publicação falsa, em vídeo publicado no seu canal do YouTube. “Esse artigo não é meu. Está mal escrito e foi feito por um covarde que não teve a coragem de assinar o próprio nome”, afirmou. Na época, a mensagem circulava dizendo tratar-se de um texto sobre o papel dos militares na história do país.

Uma versão semelhante dessa checagem foi feita pelos sites Boatos.org e Estadão Verifica.

Nota: esta reportagem faz parte do projeto de verificação de notícias no Facebook. Dúvidas sobre o projeto? Entre em contato direto com o Facebook

Editado por: Chico Marés

O conteúdo produzido pela Lupa é de inteira responsabilidade da agência e não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.

A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos

Esse conteúdo foi útil?

1 2 3 4 5

Você concorda com o resultado desta checagem?

Sim Não

Leia também

Etiquetas
VERDADEIRO
A informação está comprovadamente correta
VERDADEIRO, MAS
A informação está correta, mas o leitor merece mais explicações
AINDA É CEDO PARA DIZER
A informação pode vir a ser verdadeira. Ainda não é
EXAGERADO
A informação está no caminho correto, mas houve exagero
CONTRADITÓRIO
A informação contradiz outra difundida antes pela mesma fonte
SUBESTIMADO
Os dados são mais graves do que a informação
INSUSTENTÁVEL
Não há dados públicos que comprovem a informação
FALSO
A informação está comprovadamente incorreta
DE OLHO
Etiqueta de monitoramento
Seções
Arquivo