A PRIMEIRA AGÊNCIA DE FACT-CHECKING DO BRASIL

#Verificamos: É falso que vídeo mostre sistema antimísseis de Israel

Repórter | Rio de Janeiro | lupa@lupa.news
18.set.2019 | 16h36 |

Circula nas redes sociais um vídeo com imagens que mostrariam um sistema de defesa antimísseis de Israel na Faixa de Gaza. Canhões disparam várias vezes contra alvos que se aproximam em alta velocidade e são abatidos no ar. As imagens têm circulado também em outros países, com legendas diferentes. Em uma delas, em russo, o texto diz se tratar de um ataque por mísseis a uma base na Síria. Por meio do projeto de verificação de notícias, usuários do Facebook solicitaram que esse material fosse analisado. Confira a seguir o trabalho de verificação da Lupa:

“Sistema anti míssil de Israel na Faixa de Gaza”

Legenda de vídeo no Facebook que, até as 14h30 de 18 de setembro de 2019, tinha mais de 177 mil compartilhamentos

FALSO

A informação, analisada pela Lupa, é falsa. O vídeo é uma animação de computador criada por um usuário japonês e publicada no YouTube em 24 de junho de 2019. A gravação foi localizada por meio de uma busca reversa de imagens no Google. Para criar a cena, foi usada uma versão modificada de um game de combate realista, o Arma 3, produzido pela empresa de desenvolvimento de games europeia Bohemia Interactive.

O vídeo original, que já acumula mais de 1,8 milhão de visualizações, foi incluído na categoria de Jogos do YouTube e cita nominalmente o game no título: “Phalanx Tomahawk – O momento em que um Phalanx CIWS abate um míssil de cruzeiro BGM-109 Tomahawk ARMA3”, numa tradução do japonês. Quando termina a gravação, há também uma mensagem naquele idioma, que diz: “Este vídeo é ficção. Os personagens, grupos, nomes etc que aparecem são fictícios.”

Procurada pela Lupa, a Bohemia Interactive afirmou, por e-mail, que o vídeo parecia ter origem em um “mod” do Arma 3 – “mods” são modificações criadas por usuários, muitas vezes com a inclusão de cenários e personagens que não estão presentes no jogo original. “Contudo, a qualidade é muito baixa para ter certeza”, diz a nota

A empresa enviou imagens de um outro vídeo similar, que mostra um mod do canhão Phalanx CIWS. Comparando a gravação original, japonesa, com a que foi enviada pela Bohemia Interactive, é possível ver que os efeitos sonoros e gráficos são idênticos, apesar do cenário diferente.

O canhão Phalanx CIWS, fabricado pela empresa norte-americana Raytheon, é uma arma de destruição de mísseis com disparo rápido de munição, guiada por radar. Já o Domo de Ferro, usado por Israel, intercepta seus alvos com o uso de um sistema diferente, que envolve o uso de baterias antimísseis

Checagem semelhante foi produzida por AFP Checamos, Boatos.org e Estadão Verifica.

Nota: esta reportagem faz parte do projeto de verificação de notícias no Facebook. Dúvidas sobre o projeto? Entre em contato direto com o Facebook

Editado por: Chico Marés

O conteúdo produzido pela Lupa é de inteira responsabilidade da agência e não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.

A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos

Esse conteúdo foi útil?

1 2 3 4 5

Você concorda com o resultado desta checagem?

Sim Não

Leia também

Etiquetas
VERDADEIRO
A informação está comprovadamente correta
VERDADEIRO, MAS
A informação está correta, mas o leitor merece mais explicações
AINDA É CEDO PARA DIZER
A informação pode vir a ser verdadeira. Ainda não é
EXAGERADO
A informação está no caminho correto, mas houve exagero
CONTRADITÓRIO
A informação contradiz outra difundida antes pela mesma fonte
SUBESTIMADO
Os dados são mais graves do que a informação
INSUSTENTÁVEL
Não há dados públicos que comprovem a informação
FALSO
A informação está comprovadamente incorreta
DE OLHO
Etiqueta de monitoramento
Seções
Arquivo