A PRIMEIRA AGÊNCIA DE FACT-CHECKING DO BRASIL

#Verificamos: É falso que assessor do PT comprou carro de luxo dias antes do sorteio da Mega Sena

Repórter | Rio de Janeiro | lupa@lupa.news
20.set.2019 | 16h12 |

Circula nas redes sociais que um assessor do PT chamado Miquéias Mendonça teria comprado um carro de R$ 650 mil três dias antes de ganhar na Mega Sena. Na última quarta-feira (18), um grupo de assessores do partido ganhou R$ 120 milhões em um bolão na loteria federal. Por meio do projeto de verificação de notícias, usuários do Facebook solicitaram que esse material fosse analisado. Confira a seguir o trabalho de verificação da Lupa:

“A CASA CAIU: Assessor do PT que ganhou na Mega-Sena comprou carro de luxo antes do resultado do sorteio”
Texto publicado pelos sites Riachuelo Em Ação, Webplay e A Trombeta News que, até as 14h20 do dia 20 de setembro, tinham recebido 14,8 mil interações nas redes sociais, segundo a ferramenta Buzzsumo

FALSO

O conteúdo analisado pela Lupa é falso. O texto diz que um assessor parlamentar chamado Miquéias Mendonça comprou um carro de R$ 650 mil três dias antes do resultado do sorteio. O texto afirma, ainda, que o assessor ganha R$ 3,5 mil. Não existe nenhum Miquéias Mendonça empregado na Câmara dos Deputados nos últimos três meses, como é possível verificar no Portal da Transparência da instituição.

Além disso, o conteúdo é ilustrado por uma foto do suposto assessor dentro de um carro de luxo. A pessoa da foto é um empresário de Cuiabá chamado Marcelo Sixto Schiavenin. A imagem foi exibida em reportagem de abril deste ano no programa Fantástico, da Globo. Schiavenin comprava e revendia carros de luxo. Ele é acusado de não pagar por veículos que adquiriu e, posteriormente, vendeu.

Essa informação também foi verificada pelos sites E-Farsas e Boatos.org.

Nota: esta reportagem faz parte do projeto de verificação de notícias no Facebook. Dúvidas sobre o projeto? Entre em contato direto com o Facebook

Editado por: Maurício Moraes

O conteúdo produzido pela Lupa é de inteira responsabilidade da agência e não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.

A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos

Esse conteúdo foi útil?

1 2 3 4 5

Você concorda com o resultado desta checagem?

Sim Não

Leia também

Etiquetas
VERDADEIRO
A informação está comprovadamente correta
VERDADEIRO, MAS
A informação está correta, mas o leitor merece mais explicações
AINDA É CEDO PARA DIZER
A informação pode vir a ser verdadeira. Ainda não é
EXAGERADO
A informação está no caminho correto, mas houve exagero
CONTRADITÓRIO
A informação contradiz outra difundida antes pela mesma fonte
SUBESTIMADO
Os dados são mais graves do que a informação
INSUSTENTÁVEL
Não há dados públicos que comprovem a informação
FALSO
A informação está comprovadamente incorreta
DE OLHO
Etiqueta de monitoramento
Seções
Arquivo