A PRIMEIRA AGÊNCIA DE FACT-CHECKING DO BRASIL

#Verificamos: É falso que nova droga mortal chamada ‘manga rosa’ chegou ao Brasil

Repórter | Rio de Janeiro | lupa@lupa.news
26.set.2019 | 16h56 |

Circula nas redes sociais que uma nova droga chamada manga rosa teria chegado ao Brasil. Segundo a publicação, ela seria muito parecida com açúcar – tanto no aspecto visual quanto no gosto. Por meio do projeto de verificação de notícias, usuários do Facebook solicitaram que esse material fosse analisado. Confira a seguir o trabalho de verificação da Lupa:


“Ambas parecem açúcar, mas uma é a droga mais mortal do mundo”
Legenda de imagem que circula pelo Facebook que, até as 15h de 26 de setembro de 2019, tinha mais de 32 mil compartilhamentos 

FALSO

A informação analisada pela Lupa é falsa. A foto que seria da droga “manga rosa”, na realidade, mostra açúcar de confeiteiro (veja aqui e aqui). A imagem da montagem foi localizada facilmente em uma busca no Google Images. O açúcar de confeiteiro é usado na gastronomia para o preparo de chantilly, glacê e outros produtos de confeitaria. 

O nome manga rosa aparece em uma reportagem da Folha de S Paulo como um sinônimo para a maconha. Informalmente, uma maconha considerada de boa qualidade pode ser chamada de manga rosa.

O boato de que a nova droga mortal estaria no Brasil circula, pelo menos, desde 2017. Em julho deste ano, o Ministério da Saúde classificou a informação como boato e “fake news”. “Não há nenhuma droga parecida com o açúcar que se chama Manga Rosa. Toda a pesquisa sobre a droga encontra apenas o boato. Não há registros de usuários dessa possível nova droga e não há nenhuma menção desta droga na mídia”, escreveu o ministério. 

Essa informação também foi verificada pelo Boatos.org.

Nota: esta reportagem faz parte do projeto de verificação de notícias no Facebook. Dúvidas sobre o projeto? Entre em contato direto com o Facebook

Editado por: Natália Leal

O conteúdo produzido pela Lupa é de inteira responsabilidade da agência e não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.

A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos

Esse conteúdo foi útil?

1 2 3 4 5

Você concorda com o resultado desta checagem?

Sim Não

Leia também

Etiquetas
VERDADEIRO
A informação está comprovadamente correta
VERDADEIRO, MAS
A informação está correta, mas o leitor merece mais explicações
AINDA É CEDO PARA DIZER
A informação pode vir a ser verdadeira. Ainda não é
EXAGERADO
A informação está no caminho correto, mas houve exagero
CONTRADITÓRIO
A informação contradiz outra difundida antes pela mesma fonte
SUBESTIMADO
Os dados são mais graves do que a informação
INSUSTENTÁVEL
Não há dados públicos que comprovem a informação
FALSO
A informação está comprovadamente incorreta
DE OLHO
Etiqueta de monitoramento
Seções
Arquivo